Tuesday, February 02, 2010

ANO NOVO CHINÊS E EU

Começa mais uma época do ano que eu detesto. A única coisa boa do ano novo chinês são os dias feriado que me permitem ir novamente de férias pois prometi a mim mesma não passar mais nenhum ano novo chinês em Macau.
Não tenho paciência para as cerimónias e rituais chineses que se torna necessário cumprir e que acabam sempre com quase toda a gente irritada com toda a gente. Coisas de família, mas eu não casei com a família…

No sábado foi o concerto de ano novo chinês da amorinha, que estava feliz da vida por mais uma vez poder cantar em cima de um palco e ter direito a palmas. Sendo bastante suspeita para falar acho que estava gira. De acordo com a professora de mandarim, canta muito bem e aprende tudo facilmente. A verdade é que ela sabe a música dela e as dos outros. E fartou-se de praticar a coreografia em casa.

Depois de almoçar fomos visitar a avó do papá e bisavó deles e a amorinha achou estranho que a senhora fosse muito velhinha e ainda não tenha morrido. Recordo que o tema da morte é ultimamente o seu favorito e é raro o dia em que não se fale do assunto. A minha morte é o que a assusta e preocupa mais embora eu lhe assegure que só vou morrer quando for muito velha e chata :P

Domingo de manhã foi dia de papá e boneco cortarem cabelo enquanto a amorinha e eu brincávamos no jardim. A amorinha acha chato ir ao jardim sem o mano, disse-me que só uma pessoa é “boring” (chato) e acabou a brincar com outra miúda que por lá andava.

À tarde fomos passear ao Jardim da Areia Preta, perto da casa da bisavó e participaram numas actividades de desporto para todos e acabaram por ganhar uma T-shirt que não vale nada mas que os deixou muito felizes.

À noite o cumprimento de mais uma obrigação de ano novo chinês: jantar em casa da mãe do papá…
Os filhotes, embora inicialmente um pouco a medo, brincaram com o cão da tia.
E assim se passou mais um fim-de-semana e se cumpriram algumas obrigações chatas.

8 comments:

Anabela said...

Mas ja passou e o importante foi teres dado o teu melhor,bjs

kriz said...

às vezes temos de fazer uns sacrificiozitos...

bjs***

Mãe Gabi said...

a vida é mesmo assim, por vezes somos obrigados a fazer aquilo que menos gostamos!
bjs

Patrícia said...

O que tem que ser, tem muita força...
Mas já passou!
E venham os feriados!!!

E sentes-te melhor?

Bjs

Sonhadora said...

Xi miga....que seca :(

Já passou, e para o ano há mais! ah ah ah!

Bjs

ameixa seca said...

Às vezes temos que fazer uns fretes :)

IsaMar said...

coisas que temos de passar quando aceitamos casar/juntar com alguém.

fica bem.

isamar

AB said...

Por vezes temos que fazer uns sacrificios para bem de todos!
A vida é assim.
Mas já passou.
Beijoca e bom fim de semana!