Wednesday, December 29, 2010

BOM ANO!

Deixo umas fotos das mais recentes férias com os votos de um bom ano novo a todos os amigos e familiares que por aqui ainda passam.
Que o novo ano vos traga tudo o que desejarem, mas que seja principalmente um ano de paz, saúde e amor!

Posted by Picasa
Muitas actividades


Posted by Picasa
Muita "água"


Posted by Picasa
E muita brincadeira!

Sunday, December 26, 2010

TSUNAMI: 6 ANOS

Nunca esquecerei...


Tsunami Warning Sign, Patong Beach, Phuket, Thailand, Southeast Asia

Placa no hotel Holiday Inn, Phuket
(Imagens retiradas da net)

Neste site o registo das cerimónias



"Tsunami" is the Japanese word composed of two characters "tsu" and "nami" that mean "harbor wave" that is used as a term to describe what scientists call a seismic sea wave. Seismic means an earthquake or earthmoving event. Tsunami are predominately caused by earthquakes that displace large areas of ocean floor and the water above these areas.
Although these deadly masses of water crashing to shore are sometimes referred to as "tidal waves", they have no relation to tides (which are natural movements of the sea level due to the earth's rotation and the pull of lunar gravity).
Storm surge, with effects similar to that of a tsunami, is caused by a severe low-pressure area forming over an ocean area. This low-pressure area (commonly known as a Hurricane, Typhoon, or Cyclone) causes the surrounded water mass to rise up into the eye of the storm. Of course, for storm surge, folks are most concerned with the high winds. But if the storm hits during a period of already high tide, the storm surge can be many meters or feet higher than the protective sea walls and levees and dikes--which results in miles of flooding of any areas near sea level.


(Post pré-programado)

Thursday, December 16, 2010

BOM NATAL

Já sei que o tempo começa a ser cada vez menos e que o Natal se aproxima a passos demasiado largos e rápidos!
O presépio está montado, a árvore está decorada e recheada de várias prendas deixadas pelo Pai Natal e de prendas que tivemos de ir ao Toys'R'Us comprar para dar uma ajudinha ao velhote das barbas brancas que está um "cadito" ocupado :)
As obras da casa estão meio paradas pois falta matéria prima: o chão que tínhamos escolhido... não há-de ser nada...

Assim, desejo a todos um Bom Natal!

Imagens retiradas da net

Monday, December 13, 2010

FESTA DE NATAL

Na quinta-feira passada foi o concerto de Natal da escola do boneco.
O rapaz cantou e, para não variar, fez palhaçada...
Fez também de jornalista que encerrava as notícias sobre o Natal, vestido com um casaco de fato do pai, que lhe ficava muito bem.

No sábado passado foi a Festa de Natal da escola dela, que desta vez se limitou a vestir-se de bailarina e ficar sentada nas escadas em frente ao palco e cantar enquanto os do primeiro ano dançavam... Um pouco pobre... mas ela divertiu-se muito e estava feliz e isso é o que interessa...

Tuesday, December 07, 2010

DESAPARECIDA

Desaparecida é o meu estado normal nestes dias.


OBRAS
As obras continuam a dar dores de cabeça e vontade de esganar alguém (e eu nem sou violenta e tenho muita calma, imaginem se não fosse!...)
Macau é uma cidade impressionante! Tanto dinheiro e não há nada… As escolhas são limitadas e quando finalmente escolhemos informamos o construtor que vai encomendar e afinal já não há, já venderam tudo. Aconteceu com as banheiras e acabámos por ter de escolher outras, mais o tempo que se volta a perder a andar de loja em loja a ver algo tão interessante (not!) como banheiras.
A semana passada foi a vez das sanitas estarem esgotadas assim como a torneira da bacia de lavar as mãos da casa de banho dos miúdos… Depois de termos dado uma vista de olhos rápida noutras lojas acabámos por telefonar para Hong Kong onde há imensas sanitas daquelas que nós tínhamos escolhido (humm, a conversa está tão interessante!). Arranjámos uma transportadora e o papá foi a Hong Kong no sábado à tarde comprar as sanitas e a torneira que devem chegar a Macau hoje ou amanhã. Menos uma coisa!
Os puxadores das portas estão escolhidos (outra coisa interessante para se fazer!) e a fechadura da porta da rua também (cada vez mais interessante!).
Já colocaram os azulejos na cozinha e na terça passada, à noite fomos ver como estavam as obras. Eu, que nem costumo ir lá durante muito tempo na segunda-feira achei que devia ir lá mas não tive tempo... Devia ser o sexto sentido feminino a falar… os azulejos da casa de banho dos miúdos não estavam alinhados… Os azulejos têm risquinhas de várias cores e de um lado são vermelhas e do outro verdes e é suposto alinhar de cima até abaixo, tipo os vermelhos estão todos do lado esquerdo e os verdes do lado direito mas estavam todos trocados. É impressionante como fazem as coisas de qualquer maneira… Obviamente mandámos tirar e alinhar, com prejuízo pois decerto alguns azulejos vão-se partir ao serem retirados. O construtor não ficou muito contente, mas menos contente fiquei eu…
A casa de banho da suite também já tem alguns azulejos colocados, mas como são lisos não há problema.
Aos poucos vai avançando. Já não falta muito, deve ficar pronta no final deste mês mas depois ainda há as mobílias que precisamos comprar… Lá para Fevereiro devemos conseguir regressar a casa…


NOTAS
O boneco recebeu o relatório com as notas do primeiro período e não está nada mal. Teve "A" a quase tudo menos a desporto onde se ficou por um B+ mas não me chateia nada e teve igualmente B a Inglês e essa já me preocupa um pouco mais. Na passada quinta-feira foi a reunião com o professor e, tal como eu tinha previsto, o problema dele no inglês são as composições muito mal escritas, com umas letras enormes e feias e muito sujo pois quando apaga alguma coisa apaga mal e escreve com mais força por cima. Também costuma escrever o mínimo possível e repetir as ideias. A acrescentar há o facto de ler tudo no mesmo tom, não fazer qualquer tipo de entoação. Portanto vamos melhorar estes aspectos.
A matemática recebeu um Satisfaz na parte referente ao esforço e depois de pensar descobri porquê: ele faz tudo demasiado rápido e muitas vezes dá erros porque nem lê o que lá está escrito.
Na parte do comportamento tem algum problema a lidar com conflitos, mas é miúdo e aos poucos chega lá. Também tem de ser "o melhor" e tem algumas dificuldades a trabalhar em grupo.
No geral está muito bem.

NUTRICIONISTA
Tive consulta no nutricionista na passada quinta-feira para verificar se o tipo de alimentação que ele me recomendou estava a resultar ou não em relação ao meu problema de prisão de ventre.
Ficou muito contente quando lhe disse que agora já não sofro desse mal e que o máximo é 2 dias. As fibras que ele me recomendou (Benefiber) comigo não resultam, aliás fazem o efeito contrário, ainda mais prisão de ventre e desisti de as tomar.
Quando me começo a sentir pior faço um pequeno-almoço especial (e fica a receita para quem sofra do mesmo mal) com 3 ou 4 ameixas secas que ficam de molho em água mineral durante a noite junto com 1 colher de sopa de sementes de linhaça. No dia seguinte junto 1/4 de papaia, 1 colher de sopa de aveia, 1 colher de sopa de farelo de trigo e, às vezes umas 2 ou 3 colheres de iogurte natural e trituro tudo. Depois acrescento 1 ou 2 colheres de cereais All Bran e como em jejum. Também tenho o cuidado de beber sempre um copo de água morna em jejum e não beber às refeições, mas beber pelo menos 1.5l de água por dia.

OTORRINO
A amorinha teve consulta no otorrino na sexta-feira, 26 de Novembro e receitou-lhe mais medicamentos iguais aos que ela está a tomar. Entretanto, como o tempo a noite esta um pouco fresco e ela destapa-se e está meio engripada… Vi no relatório dele que tem sinusite e rinite, ma não me disse nada… estes médicos dão imensa informação…

CAMPEONATO
No sábado começou um mini campeonato dos miúdos de hóquei em patins e a equipa do meu boneco, No Name, ganhou por 5-3. O boneco fez algumas defesas, uma delas com o peito e ficou um bocadinho aflito que a bola de hóquei em patins arremessada com forca aleija. Agora há uma interrupção nos jogos, que continuam no próximo ano e há apenas treino.

DANÇA
No domingo, dia 28 houve um workshop de dança no Venetian e a minha amorinha que nunca quer participar em nada disse que desta vez queria. Fiquei meio desconfiada mas inscrevia-a. Obviamente na hora de ir já não tinha vontade de ir e ainda começou a dizer que não queria ir, mas como a tinha inscrito e ela tinha dito que queria ir disse que desta vez tinha de ir experimentar e se não gostasse podia sair mais cedo. Afinal ela adorou, eram vários tipos de dança e no fim ate fizeram uma mini actuação para os pais. E ela ficou a perguntar se podia regressar novamente. Se fizeram mais workshops vou inscreve-la.

HONG KONG
Na segunda-feira, dia 3 estive de ferias e fui ate Hong Kong com a madrinha do boneco. Não tínhamos nada planeado nem nada pré programado e passamos um dia bem passado, fizemos poucas compras que os preços não eram convidativos e estamos em maré de poupança.

ZHUHAI
Sexta-feira estive novamente de ferias e passei o dia com a madrinha do boneco, desta vez em Zhuhai, na China. Há algum tempo que já lá não ia e fiquei impressionada com o mundo subterrâneo, o Port Plaza e como aquilo cresceu.
Não sei se e por ainda estar calor, as roupas de Inverno e meia estacão estavam todas em saldo. Comprei algumas camisolas muito baratas, a volta de 40 a 50 RMB (4 a 5 euros) e comprei um casaco de Inverno, tipo manta para a amorinha por 75 RMB (7.5 euros). De resto andamos por lá nas calmas, descontraídas como e nosso costume

HIGH SCHOOL MUSICAL
Sábado à tarde, fomos ver um musical feito pelos alunos do secundário que estava muito giro. Simples e engraçado. Uns amigos cujos filhos estão noutra escola também foram e levaram os miúdos e gostaram muito.
Obviamente o boneco adorou pois são os colegas “grandes”.

NATAL
Finalmente no domingo à tarde cedi aos pedidos dos bonecos e fizemos a árvore de Natal e colocámos o presépio. Acho um pouco cedo para decorações de Natal e o facto de estar calor não ajuda ao espírito de Natal… Este ano acho que foi o primeiro em que fiz a árvore de Natal tão cedo, normalmente faço a 8 de Dezembro e fica até 8 de Janeiro…
Agora faltam as prendas… vou ter de escrever com eles as cartas ao Pai Natal…

Thursday, December 02, 2010

SEGUNDO DENTE

Imagem retirada da net

E depois da visita da fada dos dentes na noite passada tivemos de voltar a convidá-la a passar novamente cá por casa.
Cerca de 24h depois do primeiro dente ter caído, caiu o segundo dente (o incisivo central inferior esquerdo). E logo à noite regressa a fada...
Agora está muito engraçada, pareec uma vampira com os dentes ao contrário, pois são os caninos inferiores que estão muito salientes, mas será por muito pouco tempo que os dentes definitivos já estão a nascer com toda a força.

(Post com data alterada para corresponder à realidade)

Wednesday, December 01, 2010

PRIMEIRO DENTE

Imagem retirada da net

Caiu o primeiro dente da amorinha há pouco...
Foi o dente de baixo, do meio do lado direito (incisivo central direito).
Ela está feliz, sente-se uma menina crescida!
E eu começo a ver a minha bebé a dar lugar a uma menina crescida.

Monday, November 22, 2010

GRANDE PRÉMIO

Decorreu este fim-de-semana mais um Grande Prémio de Macau, o 57 para ser mais precisa.
Há mais de 10 anos que eu não ia assistir ao Grande Prémio ao vivo, limitava-me à televisão.
O boneco e o papá já lá tinham ido nos dois anos anteriores, mas a amorinha era muito pequena.
Este ano decidimos levá-la, até porque ganhámos bilhetes na rádio e assim sempre é menos uma despesa :)
No sábado tivemos bilhetes oferecidos à última da hora por um amigo e estivemos na Tribuna A que fica pouco depois da meta, em frente à box, mas via-se pouco das corridas porque os carros passavam muito encostados à vedação para depois fazerem a curva. A parte boa é que o local era coberto e não se apanhava muito sol. Fomos só um pouco na parte da tarde, vimos o treino classificativo da Fórmula 3 e o Grande Prémio de Motos. A amorinha reclamou do barulho, apesar dela e do boneco estarem de tampões nos ouvidos. A amorinha não gostou do Grande Prémio e assim que acabaram estas duas provas fomos embora.

No domingo, consegui convencer a amorinha e fomos ver apenas duas provas, as dos carros WTCC e chegámos atrasados, mas a tempo de ver o Tiago Monteiro ficar em 3ºlugar na primeira manga e subir ao pódio. Ele dedicou esta vitória ao Afonso, ao André e família, Foi bonito. O André partiu do 8º lugar e estava em 5º ou 6º quando ainda na primeira volta levou um toque por trás que lhe estragou o carro e o sonho de fazer uma boa prova.
Na segunda manga o piloto Tiago Monteiro não teve sorte e acabou em 8ºlugar. A classificação geral foi um brilhante 5ºlugar.
Depois houve um intervalo e o papá foi comer uma pizza e umas pernas de galinhas de churrasco (ou fritas?) e eu fiquei a “guardar” os lugares que não eram marcados e que sendo no Reservatório A eram melhores que os do dia anterior do Stand A, pois via-se a partida dos carros e os carros depois da curva.
Estava um dia de Verão, com imenso sol e eu fiquei bem bronzeada principalmente na cara e pescoço. Devia ter ido de calções!
Depois assistimos à corrida de Fórmula 3, ganha pelo segundo ano consecutivo pelo italiano Eduardo Mortara e onde o piloto português Félix da Costa ficou em sexto lugar, o que para um estreante no circuito citadino de Macau é muito bom!
E depois do Grande Prémio, Festival de Gastronomia pois a amorinha já tinha apanhado seca e queria ir brincar. Num dos jogos conseguiu um prémio grande e lá levou para casa um leão de peluche… comprámos umas “porcarias” - chamuças, bolinhos de camarão, paratha e salada tailandesa de vermicelli - que comemos em casa ao jantar .

Friday, November 19, 2010

RESUMO DOS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS

BRIGA
Faz hoje uma semana o meu boneco brigou na escola com um coleguinha. Não disse nada, mas à noite vi um relógio no computador que nunca tinha visto e vi logo que não era dele. Quando lhe perguntei porque tinha aquele relógio disse evasivamente que alguém lhe tinha dado, um colega. Perguntei qual colega e ele disse que tinha sido o H… Continuei a achar estranho e voltei a perguntar porque é que ele lhe tinha dado o relógio e o meu boneco encolhia os ombros que não sabia, porque quis dar… Pelo modo dele responder conseguia sentir que havia algo escondido, algo que não estava a contar, que era uma meia-verdade… Mais alguma insistência minha juntamente com o aviso de levar o relógio e o devolver ao dono pois os pais do outro menino decerto também dariam conta que faltava o relógio. Depois lá me contou que no dia anterior o outro lhe deu um murro na boca. Quando perguntei porquê não sabia… mas eu insisti que ninguém bate a ninguém sem razão e ele lá foi dizendo que ele tirou a bola ao outro e ele não gostou, mas que foi durante o jogo e não foi por mal… enfim, não sei, ainda acho que falta ali alguma coisa. Depois o outro deu-lhe o relógio. Mas o boneco disse-me que contou ao professor, até porque tinha o lábio a sangrar e que o professor disse para o outro pedir desculpa e apertarem as mãos. Coisas de miúdos, mas ainda assim, parece-me que o meu escondeu qualquer coisinha… e já viram a esperteza do outro?! Dar o relógio ao boneco para ele não contar ao professor?!

TRABALHOS DE CASA
Ultimamente o meu boneco anda muito preguiçoso para fazer os trabalhos de casa, principalmente os de chinês que para ele são difíceis. Os trabalhos de casa de inglês para ele são muito fáceis e acaba de os fazer rapidamente, o problema é começar. Já os de chinês, começa, mas depois enrola, enrola e nunca mais se despacha… tudo serve para brincar, as mãos, o lápis, o caderno… ultimamente, dado que o pai já não conseguia explicar as coisas de mandarim ao filho, porque o pai estudou português sabe pouco chinês escrito e sabe cantonense e não mandarim e porque não tem tempo, arranjámos uma explicadora que é uma estudante da China que está em Macau e que vai lá a casa fazer os trabalhos de casa de mandarim com ele e explicar-lhe o que ele não sabe. No passado sábado o boneco estava tão brincalhão que durante uma hora que durou a explicação só fez uma frase. A própria explicadora estava chateada e ele ficou de castigo a tarde toda para acabar os trabalhos de casa e acabou por nem ir ao treino de hóquei em patins.

CATEQUESE
No domingo o boneco começou a catequese. Aqui em casa somos católicos, pouco praticantes (nem me lembro da última vez que tinha ido à missa...) e no domingo fomos à missa e o boneco ficou no grupo da idade dele da catequese embora este ano os outros façam a primeira comunhão e ele não pois só começou agora. Depois da missa ele ficou na catequese e nós levámos a amorinha a um jardim que fica perto da igreja, mas como demorou quase uma hora e o jardim é pequeno a amorinha já estava cansada. Para a próxima deixo-o lá e vamos embora, passando mais tarde para o apanhar...

MACAU FOOD FAIR
Os meus filhotes adoram ir à Feira Gastronómica que se realiza junto à Torre de Macau, não pelos petiscos que lá comem, mas porque há jogos para brincar e em alguns ganham sempre um boneco de peluche. No domingo o papá estava ocupado com as obras da casa e eu fui com eles à Feira. Começaram por um algodão doce e depois foram aos jogos. E é incrível como a amorinha sempre tem mais sorte que o irmão e consegue sempre prendas maiores. Ainda bem que este ano não tirou nenhum prémio dos grandes senão não tenho onde colocar tantos bonecos de peluche, mas mesmo assim saímos de lá com a carteira mais leve e um saco de bonecos, acho que 4 para cada um deles.

AFONSO
Na terça-feira, dia 16, foi o funeral do Afonso. A missa de corpo presente foi às 17h30m na igreja de S.Lázaro e estavam presentes 2 membros da Legião 501 e os alunos da Escola Português que cantaram algumas músicas seleccionadas, uma delas a favorita do Afonso “I Believe I Can Fly”. Foi uma cerimónia diferente, em que estiveram presentes muitas pessoas, principalmente a comunidade portuguesa. Uma cerimónia emocionante, principalmente a mensagem que o tio do Afonso de 9 anos escreveu quando soube que o Afonso tinha partido e que foi lida na missa. Uma cerimónia triste mas ao mesmo tempo bonita. Depois, com todos a segurar as velas brancas fomos até ao cemitério onde os alunos da Escola portuguesa distribuíram um postal com uma mensagem do Afonso “Não queremos lágrimas, não queremos flores, queremos dadores”. Postal que nos informava da nossa nova missão na terra a pedido do Afonso: cada um de nós angariar 3 novos dadores de medula óssea e informar para o email
afonsocouto@me.com. Quem se vai registar a meu pedido?

FASHION SHOW
Hoje na escola da amorinha a turma dela fez um desfile de moda de vários países. No início tinha dito à amorinha que não ia ver, mas ela estava tão triste que decidi fazer um esforço e fui. Quando entrou no auditório vi-a olhar à volta, à procura, mas não me viu.
Desfilou, disse a "deixa" dela e saiu. Muito segura de si a desfilar e sabia exactamente onde tinha de ir.
No fim entraram as crianças todas do ano dela (pré-primária) em palco cada um com uma bandeira de um país a cantar e ficaram todos no palco. Aí ela viu-me e acenou feliz da vida!
No fim ainda lhe fui dar um beijo e um abraço e depois tive e ir a correr para o trabalho.

Saturday, November 13, 2010

MÉDICOS

Imagem retirada da net

AMORINHA

A amorinha teve consulta no otorrino no passado dia 28 de Outubro. Como eu estava muito ocupada no trabalho, o papá foi com ela.

De acordo com o papá o médico pouca atenção prestou.

O papá informou-o que os 10 dias de Aerius não trouxeram nenhuma melhoria que se notasse ao nariz sempre entupido da amorinha e ele mandou fazer uma radiografia ao nariz e tomar novamente Aerius por mais 10 dias e fazer um spray nasal Avamys (contém cortisona) e dia 26 regressa à consulta para ver se melhorou. Como a mamã andou ocupadíssima e a chegar a casa a “desoras” o papá não começou o tratamento e começámos esta segunda-feira. Nestes 5 dias não noto diferença nenhuma...


BONECO

Devido às constantes infecções na garganta que o boneco costuma ter, pedi para marcar uma consulta para ele para a mesma pediatra da amorinha. Ontem de manhã foi dia de consulta e ela esteve a observá-lo. Achou-o, nas palavras dela, mais gordo que alto e até comentou “Já viu esta barriga?!”

Ele está forte mas não obeso e eu também recomendo muitas vezes que não coma tanto e disse isso à pediatra. Informei-a igualmente que ele pratica desporto: futebol 3 vezes por semana e hóquei em patins uma vez e ela disse que tem mesmo de praticar. Depois de lhe resumir as infecções na garganta do boneco, dela ver que ele tem as amígdalas muito grandes e de ter a sensação que ela estava sempre a despachar embora sempre muito simpática, até brincou com ele porque lhe perguntou a idade e ele não disse 8 anos e 5 meses mas apenas 8 anos, ela enviou-o para uma consulta de otorrino e deu a escolher: havia para o mesmo dia à tarde ou para finais de Janeiro.

Entretanto receitou-lhe BronchoVaxom para tomar durante 10 dias (começou hoje e foi a primeira vez que conseguiu engolir uma cápsula mas estas são pequenas), depois pára 20 dias, volta a tomar 10 dias e a descansar 20 e mais uma vez toma 10 dias. Pelo que li é uma espécie de vacina para prevenir infecções na garganta. O folheto diz que está indicado em “bronquites agudas e crónicas, anginas, amigdalites, faringites e laringites, rinites, sinusites e otites, infecções refractárias à antibioterapia corrente e complicações bacterianas das viroses do aparelho respiratório, em particular nas crianças e idosos.


Obviamente que à tarde lá estávamos na consulta. O otorrino ainda era mais despachado que a pediatra e falava muito mal inglês.

Lá voltei a fazer o resumo das infecções na garganta e ele quis saber quantas infecções é que o boneco costuma ter por ano e assim por alto disse que deviam ser umas 6. Ele perguntou se tinha sempre febre e se tinha a certeza que eram mesmo infecções e a certeza, certeza não tenho, não me costumam dizer o nome nas urgências, mas tem sempre febre e sai sempre com antibiótico e a garganta fica vermelha e com pontos que a mim me parecem brancos, mas que o otorrino disse que são amarelos porque é pus. Se não é infecção na garganta não sei o que será...

Perguntou se ele dorme bem. No geral dorme mas tem alguma dificuldade em respirar, inspira em 3 vezes e às vezes parece que para de respirar uns segundos antes de continuar. Ele diz que pode ser apneia... e perguntou se ele costuma acordar cansado e andar sonolento, mas ele não costuma ter sono de dia. Acordar cansado tem dias...

Observou as amígdalas e disse que são muito grandes. Observou igualmente o nariz mas não comentou nada.

Depois informou que o boneco é um daqueles casos que os médicos propõem que seja feita o que ele chama de “operação selectiva” às amígdalas... Se o fizer será com anestesia geral e tem de ficar 4 a 5 dias no hospital... e o boneco sempre a dizer “não quero fazer isso que ele está a dizer”

O otorrino explicou que não há tratamento preventivo que se possa fazer para evitar as infecções, disse para pensar e para observar, para ver se ele para de respirar entre 3 a 10 segundos mais de 10 vezes por noite e volto lá em Março. Aí terei de dizer se ele teve muitas infecções, se faz as paragens respiratórias e se decido que é operado ou não...

Ele também disse que como ele é grande posso decidir esperar mais uns 2 a 3 anos pois pode ser que ele entretanto cresça e as coisas melhorem... Espero bem que sim...



Monday, November 08, 2010

IMPLANTES

E, 6 meses depois de ter feito os implantes pela segunda vez fui colocar os dentes... espero que desta resulte...

Thursday, November 04, 2010

MORTE

A minha filha tem uma fixação enorme com o tema da morte.
Penso que tudo começou com a morte da minha avó mas andei a pesquisar na net e dizem que é normal nesta idade... Normal ou não, sei que a minha amorinha rara é a noite em que não me diga que tem medo. Nas palavras dela “Tenho medo e não gosto de morrer”. Esta frase é repetida quase todas as noites quando a deito. Já lhe expliquei que ela é muito pequenina e que ainda tem muito tempo para viver, que normalmente só as pessoas mais velhas é que morrem, as que são muito, muito velhas. Também pensei que o problema dela é pensar que pode ficar sozinha porque às vezes diz que não quer que eu morra e expliquei-lhe que mesmo que eu morra está o papá para tratar dela, ou se ele também morrer tem o mano e tem primos e outras pessoas da família.
O facto é que ela está extremamente ligada a mim e muitas vezes diz ao pai “Eu gosto mais da mamã” e com o pai não fala do assunto da morte e do medo que tem da mesma. Já comigo o tema é recorrente...
Na terça-feira foi feriado e eu e o papá fomos ao hospital ver a avó do papá que estava muito mal. Ainda pensámos em levar o boneco e a amorinha mas a avó do papá disse para não levar que não era local para crianças. Obviamente não dissemos nada a eles sobre esta visita ao hospital. A verdade é que a amorinha se fartou de chorar à noite com medo de morrer e que não quer morrer e tem medo.

Ontem à noite a avó do papá faleceu e ainda não disse nada à amorinha nem ao boneco, mas vou ter de dizer pois amanhã é o velório e eles terão de ir. Já estou a antever que a amorinha vai ficar novamente mais obcecada como tema...
Ontem faleceu também o Afonso, depois de um ano de luta contra o cancro que eles acompanharam e também terei de lhes dizer...
Esta noite não vai ser fácil e já andei a pesquisar umas coisas sobre o assunto.



"Com o atingir dos seis anos de idade, a criança atinge uma fase de desenvolvimento que lhe permite encarar a morte como algo irreversível, perdendo o seu lado fantasioso e assumindo uma vertente mais concreta, o que lhe provoca medo da sua própria morte, bem como a das suas figuras de referência. Verifica-se aqui uma transição do medo de separação para o medo de morte. Aí, apresenta uma associação de morte a coisas concretas, como a uma pessoa, a caixões, cemitérios, etc."

Informar sobre a morte
"Fale e ouça a criança - O melhor a se fazer é deixar a criança perguntar o que quiser, encorajando-a a expressar o que sente. Responda a todas as perguntas com palavras simples e frases curtas para que a criança possa entender perfeitamente o processo natural de falência humana.
Uma dica: evite falar que a pessoa dormiu para sempre ou descansou, a criança leva tudo ao “pé da letra” e pode ficar com medo na hora de dormir ou achar que a pessoa que morreu acordará. A expressão “foi fazer uma longa viagem” ou “foi embora” também pode confundir a criança e levá-la a acreditar que todos aqueles que farão uma viagem nunca mais voltarão ou então que a pessoa morta poderá voltar um dia.
Se alguém perto da criança como pais ou avós morrem, a criança não deve ser excluída da experiência da perda como forma de poupá-la. A criança precisa saber da existência da morte, aceitá-la para enfim criar o seu processo de luto. Cada criança mostra o seu luto de diferentes modos e esse processo é fundamental para conseguir passar por esse momento sem criar culpa, medo ou traumas.
O último adeus - O funeral só deve ser assistido pela criança se ela quiser. E não faça com que ela se sinta culpada se não desejar ir. O apoio das pessoas de sua confiança é muito importante. Se a decisão for de ir ao enterro, explique como o será e as cenas tristes que ela visualizará ao seu redor, como a existência do caixão e de pessoas chorando.
Por isso que os pais são essenciais nesse crescimento da criança sem traumas. Se os pais têm medo da morte e tentarem “poupar” o filho, a criança reagirá da mesma forma. Mas se os pais mostrarem com naturalidade o ciclo da vida, a criança lidará com a morte sem problemas
"


"Em algumas ocasiões,são os próprios pais que despertam essa preocupação ao recomendarem aos seus filhos que não corram na rua ou que tomem cuidado com os carros,que podem atropelá-los e levá-los a morte.
Mas a justificativa dada com maior frequência é a idade."As pessoas morrem porque ficam velhas",costumam explicar os pais.No entanto,precisamos salientar que o dia-dia pode contradizer essa informação,como quando a criança perde um amiguinho ou mesmo um parente.Isso pode desencadear um medo ainda maior:o de perder os pais.
Se isso acontecer com voçê,uma boa alternativa para acalmar a criança é abraçá-la e dizer a ela que voçê está ali para protegê-la,e que não vai deixá-la sozinha nunca.
"

Um documento muito interessante: “O que a criança mais receia é a separação, é ficar separada de quem ama.”

Um post interessante sobre um livro

Wednesday, October 20, 2010

BI-SEMANÁRIO?

Este blog anda muito abandonado, tal como o de culinária.
Nem sei bem a razão, são tantas coisas ao mesmo tempo que me tiram o tempo, a paciência e a vontade de escrever.

OBRAS
As obras da casa poderão ser a razão principal porque me tiram o tempo e a paciência. Nunca imaginei que houvessem tantos pequenos pormenores para decidir e os construtores em Macau não são de confiança, é preciso ver o que vão fazendo pois mesmo com projecto na mão não fazem as coisas como lá estão. Neste momento tenho a casa como se diz em linguagem da construção civil (vou aprendendo umas coisas) em tosco. As paredes estão raspadas, sem azulejos, o chão não tem tacos nem acabamentos… as casas de banho não têm loiças (lavatório, banheira, sanitas…). Está “destruída”.
Já escolhemos e encomendámos as portas, brancas para a casa ficar com mais luz nesta cidade cinzenta. As janelas também estão encomendadas, brancas e com vidros duplos para não se ouvir tanto barulho e para resistirem melhor aos tufões, sem abanões.
Tudo caro, o preço de base não inclui muitas coisas, como os fechos no caso das janelas e os bordos no caso das portas. Depois a instalação de cada uma – portas ou janelas – custa tanto como as mesmas… E eu continuo a “viver” na história do Tio Patinhas, com cifrões com asinhas a voarem pela janela…
E algo me diz que o Natal não vai ser na “casa nova”!...

ZAIA


Zaia é um espectáculo do Cirque do Soleil, um circo diferente, sem animais.
Vi o primeiro espectáculo deste circo em Hong Kong, ainda não tinha filhos, talvez no ano 2000. O espectáculo era Saltimbanco, o mesmo que está em Portugal, provavelmente diferente devido à evolução das tecnologias nestes anos. Adorei o espectáculo, o conceito deste circo diferente.
Quando anunciaram que o Cirque do Soleil ia ter um espaço próprio no
Venetian fiquei contente, assim poderia ver os espectáculos que fossem estreando. O espectáculo Zaia estreou a 27 de Julho de 2008 e foi feita uma grande promoção, contudo achei os preços muito caros e fui deixando o tempo passar. Depois comecei a ouvir comentários negativos de pessoas que tinham visto outros espectáculos do Cirque do Soleil e decidi que ia deixar o tempo passar.
Não faziam muita publicidade na televisão e os filhos nem sabiam do espectáculo, porque eles muitas vezes pedem para ir.
Entretanto, estreou a 16 de Setembro deste ano no City of Dreams, onde está o Hard Rock de que somos clientes frequentes, um espectáculo novo a que fazem imensa publicidade na televisão.
Os filhos estão sempre a pedir para ir, mas como estreou agora está sempre cheio e estou a ver se deixo passar algum tempo.
Em conversa, por acaso na piscina do Hard Rock, alguns dias após a estreia deste novo espectáculo, um amigo falou-me que tinha ido assistir ao Zaia, que agora estava diferente para melhor, segundo ele, tinha matinés e os miúdos não pagavam. Decidi que íamos ao Zaia, mas nunca mais me lembrei de tal até ao dia 4 ou 5 de Outubro quando entrei na página deles para procurar a tal promoção e descobri que a mesma era só até dia 10 de Outubro. Decidi levar os filhotes à tarde pois o preço dos bilhetes também é mais barato que à noite e eles estão menos cansados que à noite. Fomos no sábado à tarde e levámos também o filho do padrinho do papá (cada adulto podia levar 3 crianças, menores de 12 anos, sem pagar bilhete para elas). Assim, por pouco mais de 100 euros fomos 5 pessoas ao espectáculo e comprámos os bilhetes mais caros, mais ao centro. E os miúdos ainda tiveram direito a um pacote de pipocas de oferta. Eles adoraram o espectáculo e, tendo em conta que ouvi tantos comentários negativos e tinha as expectativas muito baixas, também gostei. Mas não adorei e não ia ver de novo. Achei um pouco parado nalgumas partes e alguns actos não correram pelo melhor. Por vezes os trapezistas não conseguiam segurar-se e caíam na rede, alguns malabaristas deixaram cair os pinos que estavam a atirar ao ar…
Vi e está visto e o mais importante os miúdos divertiram-se!

HARD ROCK
Apesar do tempo estar mais fresco este fim-de-semana, mais propriamente no domingo, fomos à piscina do Hard Rock. Estava um dia nublado e com algum vento, o que fez com que pouca gente fosse até lá pelo que se esteve muito bem e deu para descansar e esquecer um pouco as obras.

SUPER TUFÃO
Neste momento está içado o sinal 1 de tufão e já se sente em Macau o vento deste super tufão, de nome Megi que em coreano significa peixe-gato e que deixou 10 mortos nas Filipinas. Os Serviços de Meteorologia e Geofísica de Macau prevêem içar o sinal 3 esta noite, o que significa que a amorinha não terá escola amanhã se o mesmo se mantiver até depois das 7h da manhã, o que deve acontecer pois o tufão vai estar mais perto de Macau amanhã à noite, dia 21. Ainda não se sabe se o tufão passará mesmo por Macau ou fará um desvio porque a sua rota é incerta.
Imagem daqui

Contudo este tufão já obrigou ao cancelamento da Festa da Lusofonia que se deveria realizar este fim-de-semana e cujos artistas vindos de vários países, como Portugal (Muxima), Brasil (Nó em Pingo D’Água), Guiné-Bissau (Manecas Costa), Cabo Verde (Ferro Gaita), Goa (Kepemchim Kirnnam), São Tomé e Príncipe (Equipson Master), Angola (Semba Muxima), Moçambique (Companhia Nacional de Canto e Dança), Timor Leste (Lahane) e China já estão em Macau.

Tuesday, October 05, 2010

SUSTO

Ontem o meu boneco apanhou um dos maiores sustos da vida dele senão o maior mesmo.
Quando acabou o futebol, que recomeçou ontem depois de ter parado Agosto e Setembro, não estava ninguém para o apanhar. O papá atrasou-se e eu só acabo a ginástica 10 minutos depois do futebol dele.
Começou a ver os colegas a irem todos embora e começou a ficar aflito e a chorar. Deve ter-se sentido completamente abandonado…
Quando saí da ginástica e ia para o campo de futebol uma amiga parou o carro e lá dentro estava um boneco de olhos muito vermelhos, a soluçar, completamente lavado em lágrimas. A minha amiga explicou-me que ele estava aflito porque ninguém o ia buscar. A atrapalhação era tanta que nem conseguiu encontrar o telemóvel que tem na mochila do futebol para usar caso aconteça alguma coisa. A minha amiga tinha-me telefonado, mas eu estava precisamente a tirar o telemóvel da mala para ver se tinha chamadas não atendidas quando ela parou junto a mim (na aula de ginástica está no silêncio).
Lá expliquei ao boneco que o papá por vezes atrasa-se por causa do trânsito e que ele só tem de esperar porque eu quando saio da ginástica também vou ter com ele, mas como saio 10 minutos depois dele e ainda preciso de uns 5 minutos para chegar até ao campo parece que é muito tempo.
Ele depois explicou que já tinham ido todos embora e só estava ele e que os filhos da minha amiga eram os últimos a ir embora e foi o filho da minha amiga que pediu à mãe para me ligar.
Ai, o meu boneco, senti um aperto no coração ao vê-lo tão perdido. É uma sensação horrível! Espero que nunca mais lhe aconteça tal!

Monday, October 04, 2010

FIM-DE-SEMANA PROLONGADO

O fim-de-semana foi prolongado pois sexta-feira, dia 1 foi feriado, 61ºaniversário da implantação da República Popular da China. No sábado era o feriado do dia seguinte, mas como foi ao sábado não se notou…
A sexta-feira passou rápido com o boneco a ir ao Chi Fu comprar uns peões, para de seguida irmos almoçar ao Santos e depois ir ao jardim.
Sábado, tivemos uma manhã muito animada (not!) a escolher portas para a casa (e descobrir que demoram 3 semanas a ficar prontas!). À tarde fomos ao jardim para a amorinha recomeçar a andar de bicicleta pois já não anda há tanto tempo que já anda só aos ziguezagues. Ao fim de uma hora estava a andar bem.
Fomos lanchar ao café que estava incrivelmente vazio para um sábado à tarde e depois recomeçou o treino de hóquei em patins.
Domingo foi dia de explicação de mandarim para o boneco, seguido de piscina no Hard Rock. A temperatura desceu um pouco mas ainda estava calor. Encontrámos lá uns amigos que foram lá pela primeira vez e estavam encantados. O boneco brincou imenso com o filho deles que tem apenas 2 anos (o meu boneco adora mesmo bebés!)
E assim se passou um fim-de-semana comprido!

Wednesday, September 29, 2010

3 ANOS SEM TI



Há 3 anos que partiste
Deixaste o vazio
O mundo mais triste
Mais frio...
Aumenta a idade
E a saudade
Cada vez maior
Desse amor
Ficaram os bisnetos
Que conheceste mal
Ela fala em ti
Do tempo em Portugal
E da morte
Como algo normal
E chora
Por ti
Por mim
Pelos que ama
Que não quer perder
De medo
Por não perceber
E pede para te ver
Ele percebe melhor
E aceita
A dor
Eu
Fico no meio
É a vida
Mas ficou tanto por dizer
Tanto por fazer
E a saudade
Continua a crescer…

Monday, September 27, 2010

Hong Kong Disneyland

Quinta-feira foi feriado do bolo lunar.
Apanhámos o jetfoil das 9:00 da manhã, que chegou a Hong Kong uma hora depois.
Demos uma volta no Wing On e fomos à zona dos Mid Levels para comprar um fato de Halloween para o boneco usar na festa da escola. Como era feriado havia muitas lojas fechadas.
Comprámos um fato da Ariel para a amorinha e um fato de treino da Dora, almoçámos e fomos ao hotel fazer check in.
Ficámos no
Olympic Suite Terraces, um aparthotel. Escolhemos um apartamento com 2 quartos pois tínhamos pensado que a amorinha podia dormir connosco mas depois achámos que a cama era demasiado estreita e ela cabia no sofá, pelo que optámos por deixá-la no sofá.
O hotel fica a 5 minutos a pé do metro, estação de Sham Shui Po, saída C2. Até ao hotel há uma rua com pontos de venda de várias coisas, desde roupa a coisas antigas. Há também um mercado local, lojas de fruta e de pato assado e uns “cafezinhos”. Pelo preço que paguei, achei que é aceitável.
Depois do check-in fomos até ao Ocean Terminal dar uma volta, comprar mais umas coisas, desta vez para o boneco, comprámos comida para o pequeno-almoço e jantámos por lá. O boneco comeu pouco…
Regressámos ao hotel para descansar que o dia seguinte começaria cedo.
Por volta das 6h da manhã o boneco acordou a vomitar e a queixar-se de dores de cabeça e garganta. Não tinha febre, dei-lhe um pouco de água e comeu um pouco de torta de baunilha porque disse que tinha fome. Não conseguiu dormir mais porque tinha muita luz…

Às 8:00 da manhã de sexta-feira, todos a pé para despachar para ir para a
Disneylândia. Pequeno-almoço tomado, mochilas arrumadas e boneco com pouca vontade de comer e a dizer que lhe doía a cabeça, mas sem febre.
Fomos para o hotel da Disney (
Disneyland Hotel) fazer check in, deixar as mochilas e levantar os bilhetes para a Disneylândia.
Chegados à Disneylândia o boneco começou a dizer que lhe doía muito a cabeça, a garganta e que tinha vontade de vomitar. Mal entrámos fomos ao posto de primeiros socorros. Explicámos o que o boneco se queixava e quando mediram a febre tinha 38.2ºC. recomendaram levá-lo ao médico e deram-nos uma lista de clínicas perto da Disneylândia.
A amorinha que já tinha visto o castelo das princesas estava encantada e queria ir ver. Saímos para levar o boneco ao médico, com a promessa à amorinha de eu voltar com ela à tarde para ir ao castelo.
A clínica mais perto ficava a duas estações de metro, pelo que fomos apanhar o metro e fomos até lá. Fácil de encontrar pois fica mesmo na saída do metro, junto a um Centro Comercial. Mediram a febre e tinha 38.1ºC. O médico muito simpático disse que ele estava com uma infecção na garganta, ensinou-me a palpar-lhe os gânglios devagar porque estavam muito inchados e lhe doíam imenso, e para sentir os caroços. Mostrou-me também a garganta que estava exactamente como há pouco mais de uma semana quando ficou doente. Disse que ele tinha acabado o antibiótico, Augmentin na segunda-feira à noite e o médico disse que é provável que a infecção não estivesse ainda completamente curada e tenha voltado.
Disse também que ele tem as amígdalas muito grandes e que costumam reduzir quando as crianças crescem, mas que, como ele já tem 8 anos, é pouco provável que as amígdalas dele reduzam mais e se ele tem muitas vezes infecções na garganta devia pensar em operar.
Saí de lá com Panadol xarope para a febre, Ibuprofen, um medicamento para a congestão nasal e um antibiótico para a infecção da garganta. E a recomendação de descansar muito.
Almoçámos num restaurante chinês do centro comercial, yam chá e o boneco comeu um pouco de canja e brócolos. Tomou o medicamento para a febre e fomos para o hotel explicar que ele estava doente e que precisava dormir para ver se nos davam um quarto mais cedo.
Mudaram-nos de quarto e o boneco tomou o antibiótico e foi dormir enquanto eu fui para a Disneylândia com a amorinha. Vimos o desfile, depois passámos pelo castelo e fomos andar no carrossel. A seguir fomos ver um espectáculo de música, Philarmagic, animação em 3D. A amorinha teve medo e acabou de ver no meu colo. Encontrámos uns amigos de Macau e expliquei que estava só com ela e que o boneco estava no quarto com o pai porque estava doente. Acabámos por andar o resto do tempo com eles, que têm uma filha um ano mais nova que a amorinha e que já se conhecem da piscina e do Hard Rock. Fomos ver o espectáculo do “Golden Mickeys”, o small world, andámos no spaceship e conduzimos um carro eléctrico. Havia filas de espera mas não muito grandes e a espera não era muita.
Comemos no Comet Café, algo parecido com o MacDonalds, onde a comida não presta… A amorinha comeu batatas fritas e meio hambúrguer de frango e ainda um pouco de milho.
Vimos o final do desfile da noite das bruxas e depois encontrámo-nos com o boneco e o papá que vieram ver o desfile e o fogo de artifício. A caminho da saída ainda encontrámos os “zombies” que andavam perdidos pela avenida principal. O boneco tinha medo, mas a amorinha queria ver.
Regressámos ao hotel para tomar banho e descansar.

No sábado acordámos cedo pois tínhamos pequeno-almoço marcado no Enchanted Garden com alguns personagens da Disney. Chegámos ao restaurante por volta das 8:20 e ficámos sentados numa mesa mesmo ao fundo do restaurante (mais longe não havia!). O boneco e a amorinha estavam muito contentes pois ao entrar viram a Minnie, o Mickey, o Pateta e o Pluto. Claro que tomar o pequeno-almoço não era uma prioridade para eles e sim os bonecos. Tiraram foto como Pluto que foi o primeiro a chegar até à nossa mesa. Depois o Pateta passou por lá mas não chegou até à nossa mesa e foi para dentro. Regressou mais tarde e eles chamaram por ele e lá conseguiram a tão apreciada foto. Algum tempo depois passou o Mickey e foi uma alegria, estava vestido de super herói. Faltava a Minnie e a amorinha estava a ficar impaciente. Pedimos a uma funcionária e a sugestão foi tentar apanhá-la enquanto ela andava de mesa em mesa. Assim, quando ela se aproximou do nosso lado o boneco e a amorinha foram ter com ela e acabámos a sessão de fotografias para poder comer descansados.
A comida deixa um pouco a desejar pois apesar de aparentemente ter muita escolha as coisas estão espalhadas de modo “estranho” (tive alguma dificuldade em encontrar o queijo que estava junto aos cereais… e não junto ao pão e compotas). O pão tem pouca escolha e os bolos são quase todos folhados. Os cereais têm pouca escolha e as French toast, as panquecas do Mickey e as waffles do Mickey não foram repostas no tempo que lá fiquei.
Depois do pequeno-almoço fomos brincar no labirinto do Mickey que os miúdos adoraram andar por lá a perder-se. A amorinha ainda ficou a pintar na sala de actividades para crianças do hotel e eu fui com o boneco para o quarto pois ele precisava de tomar os medicamentos e eu precisava de arrumar as mochilas para fazer check-out e ir novamente para a Disneylândia.
Chegámos à Disney ainda antes da hora de abertura. A amorinha queria tirar foto como Mickey e a Minnie e fomos para a fila, mas esta já tinha muita gente e o funcionário informou que tínahmmos de voltar às 11h. Fomos para o castelo e ficámos à espera da abertura perto do castelo. Quando abriu íamos para o castelo e vimos uma fila de espera para tirar foto com as princesas e fomos para lá. Esperámos quase 30 minutos para tirar foto com a Branca de Neve, a Bela Adormecida, a Bela e a Cinderla. Saímos de lá para a fila do Mickey e da Minnie na entrada da Disney que já tinha muita gente. O boneco foi com o papá brincar as coisas do Buzz Lightyear e ainda chegou a tempo de tirar foto pois esperámos cerca de 45 minutos.
Depois demos uma volta no comboio e fomos novamente tirar fotos com os bonecos, Pooh, Pluto, Pateta e Mickey e depois fomos almoçar.
Depois do almoço fomos andar no barco e os bonecos tiveram medo da parte em que a água fica a arder. Eu e a amorinha fomos para a fila para tirar foto com a Minnie e o mano e o papá foram ver o espectáculo do Philarmagic e o boneco ainda chegou a tempo de vir tirar foto com a Minnie.
Depois fomos ver o espectáculo “Golden Mickeys” e fomos ao Space Battle e ao spaceship.
Comemos gelado, comprámos uma lembrança e fomos ao hotel buscar as coisas para regressar a Macau. Saímos da Disney às 18h e apanhámos o jetfoil das 20:00h. Comprámos comida e comemos no jetfoil. Chegámos a Macau quando o fogo de artifício estava a começar e a casa perto das 21:30h.


E, ontem domingo, descansámos. Os bonecos dormiram até às 10:00h da manhã, algo raro neles!

Friday, September 17, 2010

CONSULTA NUTRICIONISTA

E, quem me conhece, pensa “mas para que precisa ela duma consulta de nutricionista?”.
A verdade é que não foi por motivos de dieta que lá fui, ou melhor foi para fazer uma dieta mas não uma dieta para emagrecer e sim uma dieta que me obrigue a incluir mais fibras na alimentação para tentar resolver os problemas de prisão de ventre que já me levaram várias vezes às urgências do hospital, a última delas durante as férias em Portugal.
Descobrir o consultório é logo o primeiro desafio quando se chega ao hospital, não há indicação em lado nenhum. Depois de fazer o registo a enfermeira indicou-me o local e quando lá cheguei fiquei na dúvida, mas uma folha A4 colada na porta das consultas de pneumologia a informar que as consultas de aconselhamento dietético funcionam na sala 3 das consultas de pneumologia confirmou que era o local certo O nutricionista parece um miúdo e é simpático e muito calmo, o que para alguém despachado como eu me fez uma certa confusão.
Depois de lhe explicar o que estava lá a fazer disse-me que íamos começar pelo essencial: pesar e medir. Neste momento tenho 50 Kgs o que de acordo com ele, para os meus 1,56 m é pouco. Mediu a massa gorda e deu 27.5 que ele diz que está bem, pelo que apesar de estar magra estou numa “magreza saudável” (palavras dele, que eu não me importava de estar ainda mais magra).
Depois estive a explicar-lhe o que costumo comer e quando e basicamente estou a fazer tudo bem. As minhas refeições são: pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, meio da tarde, jantar e ceia. Disse para fazer sopa sem batata mas isso já é o que normalmente se faz lá em casa e para não comer 2h antes de ir dormir.
Deu-me alguns conselhos e fez algumas recomendações, nomeadamente dormir mais pois as minhas 6-7 h de sono por noite não chegam… recomendou também uma hora de exercício físico por dia, logo de manhã e eu informei-o que nem tempo tenho para dormir quanto mais para fazer exercício físico de manhã, faço 3 vezes por semana ao fim do dia e já não é mau… (e agora com a história da mudança nem tenho feito…)
Enfim, trouxe uma série de coisas para ler para fazer e umas fibras para tomar…
Depois vou fazer um resumo e colocar aqui para me lembrar…

Thursday, September 16, 2010

DOENTES


Os bonecos estiveram os dois doentes e eu não vim dizer nada porque não tenho internet na casa nova.


A noite de segunda-feira para terça-feira foi para esquecer.
Na segunda-feira o boneco foi para a escola a queixar-se que lhe doía muito a garganta e a cabeça, regressou a casa a queixar-se e dei-lhe Benuron para aliviar pois não tinha febre. Depois a meio da noite piorou, começou a febre e os vómitos.
A amorinha também estava com muita tosse, muito ranho e ligeiramente quente.
De manhã decidi levar o boneco às urgências pediátricas e disse à amorinha que a levava também, mas ela disse que não, que queria ir para a escola e como não tinha febre lá foi…
Cheguei às urgências pediátricas por volta das 8:45 e aquilo estava cheio de miúdos, talvez uns 15! Fomos atendidos às 10:10 por uma médica muito simpática que viu o boneco e depois me mostrou a garganta onde as “bolhas de pus” já tinham rebentado, daí a febre. Deu-lhe antibiótico e como ele pesa 38 kgs precisa de uma dose elevada e disse para tentar que ele tomasse o Augmentin 1 g em comprimido. Deu também o Paracetamol em comprimido e Tantum verde.
Passou 3 dias de atestado para o boneco e quando foi para mim eu disse que um ou dois chegavam (tenho muitos dias de atestado) e ela disse que precisava dois.
O boneco tinha uma infecção aguda da gargante.
Fui à farmácia levantar os medicamentos e levei o boneco para casa.

Quando ia entrar para a garagem, telefonou o papá a dizer que tinham telefonado da escola da amorinha para a ir buscar pois tinha um pouco de febre e tinha vomitado.
Fui buscar a amorinha que estava na sala do médico, deitada. A médica disse que ela tinha vomitado e estava com 37.8ºC de temperatura. Levei-a para o carro, ela sempre a queixar-se que lhe doía muito a barriga. Coloquei-lhe uma bacia que tenho no carro para ir às compras ao mercado no colo e disse para vomitar lá para dentro se precisasse de vomitar.
Andei uns 5 minutos e ela começou a vomitar e queria papel, que eu a conduzir não lhe conseguia dar. Parei numa paragem de autocarro que fica numa rotunda perto de um polícia, liguei os 4 piscas, saí do carro e fui dar papel à amorinha. Entretanto veio o polícia ver o que se passava e quando viu a amorinha a vomitar ofereceu-se para chamar uma ambulância para a levar ao hospital, mas eu agradeci, disse que a levava, dei papel à amorinha e o polícia voltou a perguntar se eu tinha a certeza que não queria uma ambulância pois a amorinha continuava a vomitar.
Fui buscar o papá ao trabalho, que é a caminho do hospital e fomos para o hospital, que continuava cheio de miúdos. Registei a amorinha às 11:15 e foi consultada às 12:45! Foi o papá com ela para ter atestado e o médico só queria dar 1 dia de atestado à miúda. O pai disse que para ele até podia ser um dia, mas para ela eram melhor dois. Depois não queria fazer um atestado para ela, queria que o pai tirasse cópia do atestado dele para entregar na escola. Não percebo o problema destes médicos em imprimir mais um papel…
Receitou um xarope para a tosse (bromhexine?), para tomar 5 ml 3 vezes por dia; Benuron para a febre, se tiver e Neostil gotas para o nariz, duas em cada narina, 3 vezes por dia.

Fomos para casa (finalmente! - passei a manhã no hospital).
O boneco não conseguiu engolir o comprimido do Augmentin, vomitou, o comprimido é comprimido, parece uma cápsula. Partido ao meio também não conseguiu engolir e foi necessário esmagar com água para ele o engolir.
Depois de almoçar decidi ir ao hospital pedir para mudar a receita para xarope e expliquei à enfermeira a razão. Ela foi explicar à médica, que depois descobri que era a mesma que me tinha atendido de manhã. A médica viu os comprimidos e a primeira reacção foi ver a primeira carteira que estava fechada e dizer que ele nem tinha tentado, mas depois mostrei-lhe a outra carteira onde faltava um comprimido e expliquei que ele tinha tentado mas tinha tomado só depois de esmagado com água. Informei-a que ele também não tinha tomado o paracetamol, dei-lhe Benuron. Ela passou a receita do xarope, Augmentin 475g/5ml para tomar 10 ml 2 vezes por dia, ficou com os comprimidos e a receita anterior e perguntou se precisava de Benuron, mas eu tenho muito e recusei.

Imagem retirada da net

Achei piada quando fui à farmácia e a funcionária estava a comentar com o funcionário (em chinês, obviamente, para eu não perceber) que era dose de adulto para um puto de 8 anos (só não sabem é que ontem no hospital ele pesava 38 Kgs).

Medicamentos aviados, passei no supermercado para comprar comida e fui para casa tratar deles que estavam a dormir a sesta.
À noite já estavam melhor, mas o boneco teve febre novamente.
Mais ninguém vomitou, o que foi bom.

Ontem passaram o dia muito bem os dois, ninguém teve febre, aliás ela nem chegou a ter febre, só muito ranho e tosse. A noite passada o boneco também teve um bocadinho de tosse, mas como estavam bem decidi que iam os dois para a escola. O boneco levou um atestado de 3 dias mas disse para ele avisar o professor que era se estivesse muito mal é que precisava de ficar em casa 3 dias.

A parte boa foi o facto deles ontem já estarem bem dispostos e eu aproveitei para arrumar a casa que ainda está uma confusão, mas está melhor…




.

Monday, September 13, 2010

911



No sábado passaram 9 anos desde o atentado de 11 de Setembro, uma data que ficará pra sempre na memória de muitos…




Sábado foi também o dia de mudar de casa. Tudo empacotado, móveis vazios e a empresa lá levou as coisas para o prédio da frente. Quando acabaram de levar tudo nem se conseguia andar lá dentro, uma confusão!
E arrumar tudo? Ainda está a ser arrumado mas hoje já tem um ar mais ou menos apresentável, embora com alguns sacos e caixas num canto da sala. Ontem estava horrível e no sábado é melhor nem lembrar. A parte má é que depois das obras vamos ter de empacotar tudo outra vez (ai!...), a parte boa é que a maioria dos móveis já não está em condições de regressar - vou ter de comprar novos móveis; é melhor não pensar na parte da despesa eh eh eh
Outra coisa boa é que havia imensas coisas que nem me lembrava que tinha e que não me fazem falta e já foram para o lixo. Há também roupas que já não gosto, não uso ou não me servem e que também já estão num saco para irem para o contentor de recolha de roupas. E há roupas dos miúdos que não servem e que também estão a ser escolhidas para depois dar a umas amigas. E ainda quero escolher brinquedos e oferecer que eles têm brinquedos a mais e livros a mais. E depois tenho de escolher papelada que se vai acumulando e tralhas que me oferecem quando regressam de férias, tipo porta-chaves e afins… (e estou para aqui a pensar alto…)
Resumindo, isto anda assim meio para o parado por aqui que lá em casa anda muito agitado :)

Ah, registar que o boneco começou as explicações de mandarim na sexta-feira e que gostou.

Friday, September 10, 2010

PORTUGAL: SEMANA 4

15/08: Almoço em casa da minha mãe e passagem à tarde pelo Colombo onde os bonecos foram aos Bichinhos Carpinteiros enquanto nós fomos às compras.

16/08: A minha madrasta foi tirar a senha e nós fomos à Conservatória do Registo Civil do Montijo levantar o Cartão do Cidadão da amorinha, mas tinha tanta gente que só saímos de lá perto das 13h, mais de 2 horas de espera.
Tinha combinado com a minha amiga C. ir ter com ela a meio caminho entre Portalegre e Lisboa e afinal quando lhes telefonei estavam quase na Ponte Vasco da Gama. Fomos ter com eles ao Centro Comercial Vasco da Gama no Parque das Nações, a zona da Expo e almoçámos numa pizzaria. O filho mais velho que é um ano mais novo que o meu boneco é muito magrinho, embora também seja alto e o filho mais novo, que só conheci este ano e já tem 3 anos, é mais rechonchudo e tem mesmo cara de traquina… O boneco adorou o pequeno, deu-lhe colo ao almoço e brincou bastante com ele. Depois de almoço demos uma volta pela zona da Expo e cada um seguiu o seu caminho. Ficou prometido um fim-de-semana em Portalegre no próximo ano para ser tudo mais calmo e conseguirmos conversar com mais calma.

17/08: Fomos a casa da mãe do padrinho do papá para nos despedirmos e depois passámos pelo Cascais Shopping para comprar pão e mais umas coisas para a viagem.
Almoçámos no restaurante Serra da Estrela (e comprei uma bela broa com passas e nozes que levei para comer no avião).
Depois fomos a casa arrumar a casa, lavar roupa e fazer as malas.
À tarde ainda fomos comer mais uns pastéis de Belém , a despedida e encontrei uma colega de trabalho de Macau.
A amorinha queria ir "andar nos cavalos" e acabémos por ainda fazer um passeio a cavalo.
O jantar foi no restaurante Bom Dia para nos despedir-mos e ainda pedi a receita do "melhor arroz do mundo" à cozinheira, que simpáticamente me cedeu.

18/08: Saímos de casa pouco depois das 9h e encontrei a S.R. de Cabo Verde no aeroporto, ela que começa uma nova fase da sua vida com o filho em Portugal e a quem desejo muita sorte. A minha madrasta e o meu pai vieram buscar o carro e trouxeram a minha sobrinha S., que está muito gira e que os primos adoraram ver mas que soube a muito pouco.
Com algum atraso partiu perto das 12:30 o avião da Lufthansa que nos levou até Frankfurt onde mudámos de avião para Hong Kong e depois Jetfoil até Macau. Cerca de 20 horas depois.
E, para o ano há mais!

Thursday, September 09, 2010

PORTUGAL: SEMANA 3

A amorinha está a recuperar, mas tem uma cicatriz feia.
Ontem teve consulta no dermatologista por causa do eczema atópico e aproveitei para perguntar se havia alguma pomada para ajudar a disfarçar mas ele recomendou usar apenas Vaselina simples e diz que com o tempo vai melhorar... Enfim, vamos ver.
Ontem vomitou na escola, e duas vezes em casa. Está muito constipada, com dores de garganta e o nariz entupido. Estava um pouco quente e dei-lhe Benuron e o xarope para desobstruir o nariz de modo a dormir melhor. Esta manhã estava muito bem disposta. Vamos ver se não fica doente!
Continuamos a fazer caixotes e no próximo sábado é o dia M, de Mudança :P
E aqui fica mais uma semana das férias em Portugal e a última semana é amanhã para acabar pois as férias já foram há imenso tempo!!! E depois vêm as fotos :)



PORTUGAL: SEMANA 3
08/08:
Um dia quase igual ao anterior que começou com uma caminhada desde o condomínio onde estávamos (atrás do Crowne Plaza) e foi até Vale de Lobo, eu e a minha madrasta. Depois fomos às compras, almoço, mais isto e aquilo e nem tive tempo para ir à praia. O que vale é que os bonecos foram à piscina do condomínio com o papá.

09/08: Este dia começou com uma caminhada igual à do dia anterior.
À tarde, fomos ao Algarve Shopping e conheci a minha homónima algarvia e a filha, que o boneco adorou. Aquele rapaz adora bebés!
Eu adorei a minha homónima, bonita e com um ar muito jovem, embora um pouco tímida ou envergonhada, nem sei. A filha é linda, linda!
O papá comprou uma impressora pois precisávamos imprimir uma coisa para eu ir às Finanças no dia seguinte e depois de estar em casa a tentar instalar, já depois do jantar, descobriu que não tinha cabo para ligar ao computador e lá foi novamente ao Algarve Shopping com o meu pai comprar um cabo, enquanto eu, os bonecos e a minha madrasta fomos dar uma volta a Quarteira.

10/08: De manhã fui com a minha madrasta às Finanças de Quarteira para a nomear representante da amorinha e do boneco junto das Finanças.
Os pais da namorada do meu irmão T. e a namorada foram lá almoçar e o meu irmão T. também, ele que chegou na noite anterior de férias em Itália.
À tarde fui com os bonecos aos trampolins em Quarteira. Já tínhamos ido lá ver duas noites, mas havia sempre muita gente e decidimos ir à tarde. Era tão calmo que os bonecos em vez de brincarem os 5 minutos que custavam 3 euros ficaram a brincar uns 20 a 30 m! O boneco saiu de lá “de rastos”!
Encontrei a minha amiga S. que era juíza em Viseu e agora está em Beja e vive em Cuba. Continua bem disposta como sempre!
Depois fomos jantar com a minha amiga bracarense, a S.C., marido e filha (da idade da minha) e com o S., colega do papá, que está como nos lembrávamos dele, parece que os anos não passaram por ele. Fomos ao restaurante Os Agostinhos que fica a caminho de Loulé, para quem sai de Quarteira pelas bombas da BP.

11/08: De manhã levantei-me cedo e fui com a minha madrasta à praia a Vilamoura. Caminhámos um bocado e depois estivemos a apanhar sol e a conversar. Regressei para acordar os bonecos e o papá e fomos um pouco à piscina.
Depois de inicialmente ter recusado, o avô A. acabou por ir almoçar ao restaurante escolhido pelos bonecos e que era o mesmo da noite anterior. O tio T. também foi. De lá seguimos para casa da minha mãe, com paragem no Bar do caracol para comprar os famosos bichos de que os bonecos já tinham saudades. Comprámos também jantar para toda a gente.

12/08: Fomos deixar os bonecos um bocadinho com a minha mãe com a recomendação de não chatearem a avó porque ela tinha dói-dói, enquanto nós fomos ao banco entregar a prova de emigrante e pedir novo código para o meu Multibanco que eu esqueci-me… e o código novo custou 7 euros!
Comprámos frango assado para o almoço e almoçámos com a minha mãe.
Os bonecos ficaram mais um pouco com a avó enquanto fomos ao Fórum Montijo às compras. Ainda comprei umas coisas para o boneco no resto dos saldos, na Zara e na H&M, bem giras e baratas.
Depois fomos buscar os bonecos e fomos a casa do meu pai (que ainda estava de férias no Algarve). Estava lá a minha irmã S. e fomos jantar com ela ao Fórum Montijo. Jantei uma salada de massa integral no Vitaminas. Não conhecia, mas não é mau, embora para mim a dose seja demasiado grande.
Ainda foram dar uma voltinha no Carrossel enquanto fui com a minha mana ao Continente.

13/08: Mais um dia de Kidzania, desta vez com mais miúdos! O padrinho do papá foi levar o filho lá a casa de manhã e depois encontrámo-nos com a L., uma amiga da África do Sul a viver no Bahrain, a filha e uma amiga da filha que também vive no Bahrain. Chegámos por volta das 11h ao Kidzania. Como só a amorinha necessita de ser acompanhada por um adulto podíamos sair alternadamente, mas apenas eu saí e fui dar uma volta. A maioria das lojas já tinha as colecções de Inverno e apenas um restinho de saldos ao fundo da loja e não compei muita coisa. Mas fartei-me de andar e acabei por nem almoçar, apenas comprei uns iogurtes líquidos no Jumbo e comi um mil folhas (pouco saudável, eu sei...). Saímos de lá quando fechou e o boneco ainda chorou imenso porque tinha "dinheiro" (kidzos) suficiente para comprar um camião mas a loja estava a fechar e o papá lá explicou à senhora que íamos para Macau e não voltava mais este ano e ela disse para ele ir levantar o “dinheiro” à máquina, mas o menino à frente levantou o resto e a máquina já não tinha mais. A rapariga, muito simpática acabou por lhe oferecer o carrinho. Não estava à espera de tão feliz desfecho!
Fomos jantar ao restaurante Ponto Verde, em Alcabideche com o padrinho do papá, o filho, a irmã e o cunhado.

14/08: Almoço no Montijo, em casa da H., amiga do papá, com paragem nos pastéis de Belém para matar saudades. O boneco que não queria pastéis de Belém comeu 3! A amorinha só gosta da “casca”. Estava a ver que este ano nem tinha tempo para ir aos pastéis de Belém!
Em casa da H. a amorinha caiu no beliche das filhas, bateu com a boca na tábua da cama e abriu o lábio, um corte bastante grande.
A filha mais velha, a L. já tem 11 anos e já se nota que está crescida.
Depois fomos ao Oeiras Parque e os bonecos estiveram a brincar um pouco. De seguida fomos finalmente ao “nosso” parque.

Monday, September 06, 2010

MUDANÇAS, HOSPITAL, POLÍCIA

Foi um fim-de-semana muito interessante (not!) a empacotar tralha (ai, e tanta coisa inútil que se guarda?) e a mudar para a “casa nova”, que é em frente da nossa casa. A grande mudança está prevista para o próximo sábado.

Ontem à noite, a amorinha acordou a chorar que lhe doía o ouvido direito. Dei-lhe Benuron mas ela continuava a queixar-se que não conseguia dormir porque doía. Decidi levá-la ao hospital, eram cerca de 2h da manhã. Como ela está meio constipada tive medo de ser otite, embora ela nunca tenha tido nenhuma…
A médica disse que o ouvido estava ligeiramente vermelho mas que o canal estava limpo. Receitou umas gotas para por no ouvido, Benuron para as dores, um xarope para a expectoração e outro medicamento que nem me lembro para quê.
Deu também atestado caso ela piorasse e não pudesse ir à escola, que começou hoje.

Quando saímos do hospital, perto do Centro Comercial Ião Han a polícia mandou-me parar. Aproximou-se, espreitou para dentro do carro, olhou para mim e para a amorinha e mandou-me seguir. Acho que não sabia falar comigo…
Eu conduzo pouco e esta foi a primeira vez que me mandaram parar.

E logo vamos retirar os pontos!... Ai, que frio na barriga!

Friday, September 03, 2010

PORTUGAL: SEMANA 2

A amorinha está melhor, hoje já não está inchado e parece que está a cicratizar bem. Obrigada pelos votos de melhoras. O susto maior já passou.
Aqui fica o resumo de mais uma semana de férias em Portugal.


01/08: Almoço no Restaurante Quinta do Paúl com uma amiga que mora na linda terra chamada Amor, perto de Leiria. Os filhotes dela, ele com 8 anos e ela com 4 anos, estão enormes. Fortes e altos e muito malandros. Claro que os meus alinharam logo nas brincadeiras.
Depois de um belo almoço fomos passear ao Castelo de Leiria, que o meu boneco e a minha amorinha nunca tinham ido a um verdadeiro castelo. A seguir fomos para o hotel, mais uma vez o Monte Palace (suite 210). Demos uma volta mas estava muito frio e eles acabaram por ir embora e nós jantámos no hotel, Restaurante Paços da Raínha, onde a comida era boa e o preço era aceitável. Quando fomos ao quarto a amorinha ao entrar na banheira cortou o pé nos azulejos da parte de baixo da mesma e o papá foi à recepção pedir Betadine para desinfectar e gaze para fazer um penso.

02/08: Depois de um belo e calmo pequeno-almoço os bonecos foram à piscina que tem água aquecida e estava agradável, segundo eles que eu fui à farmácia comprar um creme para o pé da amorinha. Depois tínhamos pensado ir ao Portugal dos Pequeninos, mas já era tarde e decidimos seguir em direcção ao Porto.
Saímos em Aveiro para almoçar e seguimos para o centro da cidade. Estacionamos perto da estação e comemos num snack-bar ali por perto pois não encontrámos mais nada e os miúdos já reclamavam com fome.
Depois de falar com a madrinha do boneco ela disse-nos para seguir para Santa Maria da Feira e, como chegámos relativamente cedo, por volta das 16h fomos dar uma volta à Feira Medieval. É engraçado para turista ver e os bonecos divertiram-se bastante! Fizemos a vista ao castelo onde havia uns actores a fazer animação e a contar um pouco da História de Portugal, o que para os bonecos que não sabem nada do assunto foi giro.
Jantámos em casa da madrinha do boneco com uns amigos dela e do marido e ficámos lá.

03/08: O marido da madrinha levou-nos até ao Parque Biológico de Gaia e andámos lá a passear. Foi giro para os bonecos ver os animais como veados, mochos, águias, cavalos, burros e também ver os instrumentos antigos usados na lavoura como charruas, ver as culturas de milho, tomate…
Almoçámos por lá e seguimos para o Porto. Finalmente o boneco viu o estádio do Dragão, que já há algum tempo me tinha pedido para ver. Estacionámos no Dolce Vita Porto e os bonecos foram brincar nos insufláveis. Fomos experimentar o metro do Porto e fiquei agradavelmente surpreendida por haver uma funcionária a explicar como se devia escolher o percurso e como tirar os bilhetes, até porque eu nem sabia em que estação devia sair.
Optámos por sair na Trindade que, para quem não sabe, fica por cima da Câmara do Porto.
Tínhamos pensado fazer um tour no Yellow bus, mas descobrimos que o bilhete é válido nos 3 percursos e acaba por sair caro para fazer apenas um percurso.
Descemos a Avenida dos Aliados e fomos até à Ribeira. O boneco achou piada poder passar a Ponte D.Luís a pé e fomos até ao outro lado visitar as caves do vinho do Porto, as do Porto Calem que é mais perto. As crianças não pagam uma vez que, obviamente também não lhes é servido vinho.
Fomos até ao Parque da Cidade e nem entrámos porque nos telefonou a prima da madrinha do boneco, que já foi minha colega de trabalho em Macau, e fomos ter com ela ao Dolce Vita para ir jantar a Matosinhos.
Ao regressar a Santa Maria da Feira vimos um incêndio.

04/08: De Santa Maria da Feira para Braga. Fomos almoçar ao restaurante Cantinho da Sé com a Anabela, do blog Espaço da Belita, que conheci também nesse dia, mas como já falava com ela há imenso tempo na net tive a sensação que éramos velhas amigas. Tem uma família muito simpática e o filho dela (10 anos) e o meu deram-se muito bem, tal como a amorinha e a filha dela (6 anos).
Ainda consegui encontrar a minha amiga S.C. que já não via há uns anos, penso que desde que as nossas filhas nasceram (5 anos!).
Seguimos para Macedo de Cavaleiros para ir para Salselas, quase sempre em direcção a um grande incêndio e eu a ficar cada vez mais preocupada mas nós seguimos para a auto-estrada para Bragança e o incêndio cortou a auto-estrada para Valência. Ainda falei com a Tuquinha que estava em Mirandela mas já estava atrasada e não deu para ir conhecê-la, ficará para uma próxima oportunidade.
Chegámos a Macedo de Cavaleiros onde estava a madrinha do boneco com a família à nossa espera e fomos atrás deles para Salselas, passando primeiro pela Barragem. Enquanto eu e a madrinha do boneco nos instalávamos na casa dela da aldeia os bonecos foram a casa dos pais da madrinha e quando saí vi a amorinha a andar de moto 4 com o pai da madrinha do boneco e depois o boneco.
Fomos até à igreja onde o senhor que cuida da igreja foi tocar o sino e conheci os pais da prima da madrinha do boneco. Ainda fomos ver a igreja por dentro que foi arranjada há pouco tempo e que agora tem casa de banho.
Nessa noite jantámos com os pais e os tios da madrinha do boneco, eram os anos da mãe da madrinha dele, 74 anos com muito bom aspecto. Ela estava muito contente por ter a família reunida e por ter miúdos em casa. É uma aldeia pequenina em Trás-os-montes onde há poucas crianças.
Depois do jantar o meu padrasto ainda só sabia que a minha mãe estava a ser operada à vesícula.

05/08: Decidimos que íamos regressar a Lisboa com passagem pelo Hospital do Barreiro para visitar a minha mãe pois há uma visita das 18h às 20h (ou algo assim). Saímos de Salselas às 11h e parámos em Lamego para almoçar num restaurantezinho familiar bastante bom logo à saída da auto-estrada. Havia uma carrinha a vender fruta e comprei os primeiros figos frescos deste ano (não há em Macau)! Continuámos o resto da viagem apenas com paragem numa estação de serviço para os bonecos visitarem a casa de banho e o papá beber um café.
Chegámos ao Hospital do Barreiro às 18h30. O meu padrasto foi ter connosco ao estacionamento e depois estivemos à espera do meu irmão M. e da mulher, a minha homónima descerem porque só podem ir 2 pessoas de cada vez. A minha cunhada já tinha perguntado ao segurança sobre as crianças mas disseram que no piso de cirurgia não podem entrar. O meu irmão disse que só com mais de 11 anos, pelo que levei o boneco e quando o segurança perguntou a idade dele respondi 11 anos. Com o tamanho dele não duvidam e a minha mãe ficou toda contente por ver o neto. Depois o meu padrasto levou o boneco e o papá foi um bocadinho lá acima enquanto o meu irmão M. aturava os sobrinhos e quando descemos já desesperava com eles.
Finalmente cumpri o que tinha prometido ao meu boneco e atravessámos a ponte 25 de Abril! Ao ver o Cristo Rei a amorinha pediu para ir lá visitar mas ficou para o próximo ano.
Mais uma vez jantamos no Bom Dia.

06/08: Levantei-me e comecei a ficar cheia de dores, nem conseguia andar. O papá decidiu que era melhor ir ao hospital e fomos ao Cuf Cascais. A médica, não muito simpática lá me disse aquilo que vários médicos já disseram ,que o problema é da prisão de ventre e que tenho de fazer uma dieta rica em fibras.
Almoçámos no Restaurante Aires em Alcabideche e à tarde seguimos para o Algarve.
Enquanto eu preparava o jantar com a minha madrasta o papá ainda foi com os bonecos à piscina. À noite fomos passear a Quarteira, até ao jardim, perto dos Bombeiros e eu comi a minha primeira fartura!

07/08: Os bonecos dormiram imenso, depois foram à piscina com o papá enquanto eu fui com a minha madrasta e pai à praça comprar peixe para o almoço. Ao fim do dia fomos à praia mas apesar de estar calor achei a água fria. E acabámos por vir embora porque estava muito vento e começou a ficar desagradável. Depois do jantar passeio a Quarteira.

Thursday, September 02, 2010

8 PONTOS

A amorinha caiu na piscina, na aula de natação e bateu com a cara no chão. Fez dois cortes no olho, um por cima e um por baixo no canto exterior do olho esquerdo. Caiu e ninguém viu, ninguém sabe dizer como foi... A responsável da Associação de Natação telefonou quando estávamos a sair do trabalho a avisar o pai que ela tinha caído, que tinha batido nas escadas e feito um corte grande.

Voámos para lá e mal a vi com um penso de gaze no canto do olho fiquei logo desanimada. Espreitei e vi que o corte era bem fundo. A amorinha diz que não tinha os óculos da piscina, que bateu no chão e não nas escadas. Ela quando cai nunca põe as mãos à frente da cara…

Fomos com ela às urgências pediátricas, mas nestes casos vai para a urgência geral, trauma. Uns minutos depois do registo foi chamada para a triagem, eram 18:28 e a enfermeira disse logo que o corte era muito profundo e precisava de pontos.
Entretanto foram chegando ambulâncias que passam à frente de quem está à espera. Esperámos até perto das 20h quando finalmente foi chamada.
O médico também disse que precisava de pontos. O pai ainda perguntou se não podiam utilizar os autocolantes, mas o golpe era no olho e fundo, além de estar ainda a sangrar um pouco, pelo que o médico experimentou mas não deu.

Ainda houve direito a uma pequena discussão entre o médico e eu porque me mandou embora para coser a ferida e eu disse que não saía. Inventou que não tinha espaço que eram 3 pessoas, para segurar a amorinha e para coser e para dar os instrumentos, mas eu avisei que não saía, que ela ficava mais calma se eu estivesse lá e que quando foi do boneco também tinha ficado. O médico acabou por desistir de discutir comigo.

O médico disse para deitar a amorinha na cama e para ela fechar os olhos e não se mexer.
Tapou-lhe a cara com um pano que tinha um corte redondo que ficou na zona da ferida.
Ficou um enfermeiro aos pés da cama da amorinha, talvez para a segurar se ela se mexesse e a enfermeira ao lado do médico a desinfectar os instrumentos necessários.
Eu fiquei à cabeceira da cama a segurar-lhe a mão que ela pôs para cima para eu segurar.
Tal como tinha feito com o boneco há muitos anos, fui falando sempre com ela e fazendo festinhas na mão.
Expliquei que o doutor estava a limpar a ferida e doía um bocadinho. Depois disse que o doutor ia dar uma injecção para tirar a dor da ferida, que doía a espetar a injecção, mas que depois passava.
E quando ele começou a coser, disse-lhe que fazia um pouco de impressão mas que não devia doer e perguntei-lhe e ela disse que não doía. E fui-lhe dizendo sempre para não abrir os olhos, não chorar e nem se mexer senão o doutor fazia dói-dói sem querer.

O médico estava admirado por ela estar tão quieta e o enfermeiro e a enfermeira acabaram por ir cuidar de outros doentes pois parecia que não havia menina.

O corte por baixo do olho, mais profundo precisou de 4 pontos. O corte por cima do olho também precisou de 4 pontos pois embora menos profundo era mais comprido.
Quando o médico começou a coser o corte por cima do olho a amorinha queixou-se de dores e ele deu-lhe mais anestesia e mesmo assim nos últimos dois pontos ela dizia que doía. Fui-lhe sempre dizendo que estava quase e quando acabou ela ficou muito contente. E eu também!
Agora precisa de ir todos os dias ao Centro de Saúde para desinfectar a ferida e no dia 6 tira os pontos.

Hoje, quando fomos ao Centro de Saúde, a enfermeira disse que tinha tido sorte não ter sido mesmo no olho, dentro do olho e eu nem quero pensar nisso. A enfermeira também diz que a cicatriz não deve ficar muito grande e eu só espero que ela tenha razão.

Wednesday, September 01, 2010

PORTUGAL: SEMANA 1

Como os meus resumos de resumo têm pouco e são sempre muito grandes decidi ir publicando por semanas.
Assim, aqui fica o resumo da semana 1 (se é que alguém tem paciência para ler tanto)...


27/07: Saímos de casa por volta das 8:30 da manhã com os bonecos numa grande excitação pois finalmente tinham chegado as férias em Portugal que a amorinha já andava a perguntar há uma semana se “é hoje que vamos para Portugal?” Jetfoil das 9:30 para o aeroporto, check-in e ir comer qualquer coisa.
O avião partiu com um ligeiro atraso, já perto das 14h.
Cada vez custa-me mais fazer a viagem e cada vez os bonecos dormem menos na viagem. Ele ainda dormiu umas 4 horas, já a chegar à Alemanha (viajamos de Lufthansa, via Frankfurt), mas ela acho que nem 2 horas dormiu.
Enquanto estávamos em trânsito encontrámos um amigo do papá que afinal estava no mesmo voo e não tínhamos visto.
O voo de ligação atrasou perto de uma hora, o que foi uma seca… mas os bonecos dormiram o tempo todo!
Chegámos a Lisboa já passava da meia-noite, portanto já no dia 28.

O meu pai e a minha madrasta estavam à espera para nos entregar o carro e alguma comida e fomos para casa.
Foi chegar a casa, dar banho, leitinho e cama.

28/07: Acordei toda a gente pouco depois das 9h da manhã apesar de terem dormido apenas às 2h e fomos a Cascais ver a irmã do padrinho do papá, que mora na Suiça, estava de férias em Portugal e no dia seguinte partia para a Suiça.
Depois rumámos ao Montijo, direito para a Conservatória do Registo Civil para fazer o Cartão do Cidadão da amorinha. Todos nos tinham dito que demorava imenso tempo e havia imensa gente e quando tentei marcar por email também me deram data para duas semanas depois, mas ao chegar lá só havia um senhor à nossa frente. Esse senhor foi buscar o Cartão e conseguiu ficar lá mais de meia hora a ouvir explicações e a pedir outras.
Chegámos lá por volta das 12h e cerca das por volta das 13h estávamos de saída.


Nessa tarde eu fui à cabeleireira e o papá ficou com os miúdos, levou-os ao carrossel no Fórum Montijo e depois estiveram a brincar em casa do avô até estar menos calor para ir à piscina.

A amorinha espetou um ferro no pé e fez um corte considerável. Depois do jantar foi a vez do boneco fazer um arranhão na cara por baixo do olho (e o susto?!) num arame de um camião de cortiça com que ele costuma brincar.
Nesse dia, depois da cabeleireira fui ao Bar do Caracol (sem página na net, referido neste artigo) comprar caracóis já prontinhos a comer para matar saudades :) Os bonecos só comeram caracóis ao jantar!

29/07: O ano passado fomos ao Dolce Vita Tejo a uma segunda-feira com ideia de levar os bonecos ao Kidzania. Chegámos lá e descobrimos que estava encerrado à segunda e à terça-feira e no outro dia regressávamos. Obviamente os bonecos ficaram tristes mas ficou prometido o regresso para este ano.
Assim, por volta das 11h da manhã chegámos ao Kidzania e havia uma fila enorme. Não percebo, toda a gente a queixar-se da crise e que tudo está caro e o Kidzania que nem é nada barato, pelo menos eu não achei, estava cheio.


Ficámos lá até perto das 16h e depois seguimos para o Montijo que o papá tinha consulta pois ainda andava com dores de garganta. Eu levei os bonecos para comer um gelado e brincarem no Parque do Montijo. Comprámos novamente caracóis, passámos na Farmácia para fazer o penso ao pé da amorinha e comprámos jantar para comer em casa da minha mãe.

Os bonecos mais uma vez contentaram-se com os caracóis.

30/07: o ano passado descobri, através de uma amiga que está no Dubai, que o pediatra dos meus filhos estava a dar consulta no Cuf Cascais. Em conversa com uma colega de trabalho que também é minha instrutora de Pilates e Kickboxing descobri que ela tinha o email da mulher do pediatra. Assim ela contactou a mulher do pediatra que deu os contactos do marido.
Neste dia de manhã, enquanto decidíamos o que íamos fazer nesse dia decidi telefonar ao pediatra que ficou muito contente quando nos ouviu. Disse para irmos ao consultório dele e assim foi.
O boneco fez uma consulta de quase uma hora em que conversámos sobre imensas coisas, em que o pediatra achou piada pois o boneco está quase do tamanho dele. No consultório pesou 36,4 Kg e mediu 1,34 m, tudo acima do percentil 95 (seja lá o que for que isso significa) e, de acordo com o pediatra, peso e altura equivalente a um menino de 11 anos. E fez uma fita para se despir que o meu rapaz é muito envergonhado!
Fomos almoçar ao restaurante que tem o “melhor arroz do mundo” segundo o meu boneco (é apenas arroz branco), um pequeno restaurante familiar em Paço D’Arcos chamado “Bom Dia”, passei no Pingo Doce para fazer umas compritas e fomos a casa para pousar as compras e porque tinha roupa para estender e ainda bem. Ao chegar à entrada do prédio estava a vizinha feliz por nos ver porque a válvula central do gás tinha saltado e estavam a fazer vistoria e se não houvesse ninguém em casa não podiam fazer vistoria e cortavam o gás.
Vistoria feita fomos dar uma volta ao Cascais Shopping, deixámos os miúdos ir brincar no Hups (a pedido deles) e fomos às compras e lá gastei mais uns euros em livros na Fnac e no Continente com as promoções…
Depois fomos jantar a casa da minha amiga S., na Praia das Maçãs em Sintra. O filho dela é da idade da amorinha (nasceu a 27.07) e descobri que a minha amorinha é muito grande ao pé dele (deve ter mais uns 10 cm). Adorei vê-los a brincar todos, incluindo o meu boneco que é o maior de todos.
Quando saímos de casa deles estava imenso nevoeiro, não se via nada à frente do nariz!

31/07: Almoço em casa da minha mãe, mas como chegámos cedo fui a casa da minha antiga costureira visitá-la. Já não a via desde o funeral da minha avó.
O meu irmão M. também foi almoçar connosco e finalmente conheci a minha homónima e mulher dele e o filho dela, que tem 6 anos, é da altura da amorinha mas mais gordo que o boneco). Gostei dela, simples, despretensiosa e simpática.
A seguir ao almoço fomos todos dar uma volta ao Fórum Montijo e o filhote dela foi andar no carrossel com os meus. Deram-se muito bem e brincaram imenso enquanto eu fui com a minha mãe às compras.
À noite fomos jantar a casa do meu pai.