Wednesday, October 20, 2010

BI-SEMANÁRIO?

Este blog anda muito abandonado, tal como o de culinária.
Nem sei bem a razão, são tantas coisas ao mesmo tempo que me tiram o tempo, a paciência e a vontade de escrever.

OBRAS
As obras da casa poderão ser a razão principal porque me tiram o tempo e a paciência. Nunca imaginei que houvessem tantos pequenos pormenores para decidir e os construtores em Macau não são de confiança, é preciso ver o que vão fazendo pois mesmo com projecto na mão não fazem as coisas como lá estão. Neste momento tenho a casa como se diz em linguagem da construção civil (vou aprendendo umas coisas) em tosco. As paredes estão raspadas, sem azulejos, o chão não tem tacos nem acabamentos… as casas de banho não têm loiças (lavatório, banheira, sanitas…). Está “destruída”.
Já escolhemos e encomendámos as portas, brancas para a casa ficar com mais luz nesta cidade cinzenta. As janelas também estão encomendadas, brancas e com vidros duplos para não se ouvir tanto barulho e para resistirem melhor aos tufões, sem abanões.
Tudo caro, o preço de base não inclui muitas coisas, como os fechos no caso das janelas e os bordos no caso das portas. Depois a instalação de cada uma – portas ou janelas – custa tanto como as mesmas… E eu continuo a “viver” na história do Tio Patinhas, com cifrões com asinhas a voarem pela janela…
E algo me diz que o Natal não vai ser na “casa nova”!...

ZAIA


Zaia é um espectáculo do Cirque do Soleil, um circo diferente, sem animais.
Vi o primeiro espectáculo deste circo em Hong Kong, ainda não tinha filhos, talvez no ano 2000. O espectáculo era Saltimbanco, o mesmo que está em Portugal, provavelmente diferente devido à evolução das tecnologias nestes anos. Adorei o espectáculo, o conceito deste circo diferente.
Quando anunciaram que o Cirque do Soleil ia ter um espaço próprio no
Venetian fiquei contente, assim poderia ver os espectáculos que fossem estreando. O espectáculo Zaia estreou a 27 de Julho de 2008 e foi feita uma grande promoção, contudo achei os preços muito caros e fui deixando o tempo passar. Depois comecei a ouvir comentários negativos de pessoas que tinham visto outros espectáculos do Cirque do Soleil e decidi que ia deixar o tempo passar.
Não faziam muita publicidade na televisão e os filhos nem sabiam do espectáculo, porque eles muitas vezes pedem para ir.
Entretanto, estreou a 16 de Setembro deste ano no City of Dreams, onde está o Hard Rock de que somos clientes frequentes, um espectáculo novo a que fazem imensa publicidade na televisão.
Os filhos estão sempre a pedir para ir, mas como estreou agora está sempre cheio e estou a ver se deixo passar algum tempo.
Em conversa, por acaso na piscina do Hard Rock, alguns dias após a estreia deste novo espectáculo, um amigo falou-me que tinha ido assistir ao Zaia, que agora estava diferente para melhor, segundo ele, tinha matinés e os miúdos não pagavam. Decidi que íamos ao Zaia, mas nunca mais me lembrei de tal até ao dia 4 ou 5 de Outubro quando entrei na página deles para procurar a tal promoção e descobri que a mesma era só até dia 10 de Outubro. Decidi levar os filhotes à tarde pois o preço dos bilhetes também é mais barato que à noite e eles estão menos cansados que à noite. Fomos no sábado à tarde e levámos também o filho do padrinho do papá (cada adulto podia levar 3 crianças, menores de 12 anos, sem pagar bilhete para elas). Assim, por pouco mais de 100 euros fomos 5 pessoas ao espectáculo e comprámos os bilhetes mais caros, mais ao centro. E os miúdos ainda tiveram direito a um pacote de pipocas de oferta. Eles adoraram o espectáculo e, tendo em conta que ouvi tantos comentários negativos e tinha as expectativas muito baixas, também gostei. Mas não adorei e não ia ver de novo. Achei um pouco parado nalgumas partes e alguns actos não correram pelo melhor. Por vezes os trapezistas não conseguiam segurar-se e caíam na rede, alguns malabaristas deixaram cair os pinos que estavam a atirar ao ar…
Vi e está visto e o mais importante os miúdos divertiram-se!

HARD ROCK
Apesar do tempo estar mais fresco este fim-de-semana, mais propriamente no domingo, fomos à piscina do Hard Rock. Estava um dia nublado e com algum vento, o que fez com que pouca gente fosse até lá pelo que se esteve muito bem e deu para descansar e esquecer um pouco as obras.

SUPER TUFÃO
Neste momento está içado o sinal 1 de tufão e já se sente em Macau o vento deste super tufão, de nome Megi que em coreano significa peixe-gato e que deixou 10 mortos nas Filipinas. Os Serviços de Meteorologia e Geofísica de Macau prevêem içar o sinal 3 esta noite, o que significa que a amorinha não terá escola amanhã se o mesmo se mantiver até depois das 7h da manhã, o que deve acontecer pois o tufão vai estar mais perto de Macau amanhã à noite, dia 21. Ainda não se sabe se o tufão passará mesmo por Macau ou fará um desvio porque a sua rota é incerta.
Imagem daqui

Contudo este tufão já obrigou ao cancelamento da Festa da Lusofonia que se deveria realizar este fim-de-semana e cujos artistas vindos de vários países, como Portugal (Muxima), Brasil (Nó em Pingo D’Água), Guiné-Bissau (Manecas Costa), Cabo Verde (Ferro Gaita), Goa (Kepemchim Kirnnam), São Tomé e Príncipe (Equipson Master), Angola (Semba Muxima), Moçambique (Companhia Nacional de Canto e Dança), Timor Leste (Lahane) e China já estão em Macau.

4 comments:

Miduxe said...

humm estão a fazer grandes obras...aqui as portas também são claras e gosto muito,
coragem que depois de pronto compensa o trabalho!
bjs

Monica said...

Boa sorte coma s obras e que o tufão passe ao lado!
Beijocas

IMaria said...

as obras saõ complicadas sempre. Os construtores são uns aldrabões e manhosos. Atá por aí se passa o mesmo. É preciso andra em cima deles.

Mas no fim, de certeza que compensa.

jinhos

Helena said...

pois, obras em casa deve ser para esquecer.
e eu que estou a um passo de me meter na loucura de construir casa...uiui.
beijocas