Tuesday, January 22, 2008

UMA AVENTURA EM MENOS DE UMA HORA!


Ultimamente as manhãs são sempre agitadas e saímos de casa sempre atrasados.
Devíamos sair de casa às 8:00 mas acabamos saindo às 8:10 e esses 10 minutos fazem muita diferença pois assim o meu boneco já não vai para a fila para entrar na escola.
Deve ser do frio!
Ninguém quer levantar de manhã, depois demoram séculos para vestir e despachar, enfim!

Hoje, novamente atrasados, saímos de casa para a garagem, sento a amorinha na cadeira do carro e ponho-lhe o cinto enquanto o boneco se senta e põe o cinto.
O pai entra no carro depois de arrumar as mochilas dos filhos, o almoço do boneco e os nossos casacos.
Finalmente eu sento-me, sou sempre a última!

O pai arranca, anda talvez um metro e pede-me para sair do carro e ver se está tudo bem com a roda do meu lado. Eu olho para o relógio do carro e vejo 8:14 e só penso: “O que terá a porcaria da roda, já estamos tão atrasados” Mas não digo nada e saio do carro.
Olho para a roda, está vazia, completamente em baixo e digo ao pai, enquanto vou pegando no telemóvel para chamar um táxi.

O papá ainda tem a ilusão que “aquilo” se resolve depressa e consegue mudar o pneu “num instante”. Nada convencida continuo a chamar o táxi e a pensar que a linha ia estar ocupada pois ultimamente em Macau conseguir um taxi é um verdadeiro golpe de sorte.
Fico surpreendida quando verifico que a linha não está ocupada e que me atendem quase de imediato, mais surpreendida quando a rapariga me fala num inglês que qualquer pessoa compreende (também é raro!), peço o táxi e recebo resposta quase de imediato “Táxi number 7 in 3 minutes” “What?”, nem queria acreditar.

Pegar na mochila do filho, no saco do almoço, na filha ao colo e no filho pela mão e dizemos adeus ao papá que já está a tirar o pneu sobresselente e as ferramentas.
Saio à porta do prédio, esperamos um minuto e o táxi chega.
A filha está numa excitação que não se cala, vejo que são 8:20, não perdemos assim muito tempo. O papá telefona a dizer que não consegue desapertar os parafusos e é melhor eu voltar de táxi.

Chegamos à escola às 8:30, digo ao taxista para esperar por mim, o filipino de “guarda” ao acesso exclusivo para os pais que deixam os filhos à porta de carro e continuam, grita para o taxista sair dali, digo-lhe que ele precisa esperar por mim, digo ao taxista para estacionar mais à frente e “arrasto” a filha pela mão através do corredor enquanto com a outra seguro o saco do almoço e “empurro” o filho pela mochila que tem às costas.

Chegamos ao mesmo tempo que os outros miúdos entram em fila para as salas e é complicado passar por entre tantos miúdos (e só para irritar a sala dele é a última!)
Chegados lá despeço-me dele com um beijo enquanto digo “olá” à professora e ponho o almoço na “caixa dos almoços”.

Saio da escola, desta vez com a filha ao colo e ando a passos apressados para o táxi. Digo-lhe que vamos para a creche da amorinha e partimos. São 08:35 e estou cheia de calor com 11 (?)ºC lá fora.

A meio do caminho (8:39) telefono ao papá para ver se depois da creche ainda preciso do táxi para me levar ao trabalho mas ele informa que já está. Fico mais descansada, o táximetro continua a saltar... não tenho mochila para a filha.
Chegamos à creche, pago as 84 patacas (cerca de 8 euros) e levo-a à sala, explicando que a levo a mochila de seguida.

Espero o papá à porta da creche, este chega uns minutos depois e dá-me a mochila pelo vidro aberto da janela do carro, corro para o elevador, sou a última a entrar, mas a primeira a sair e posso pedir para entregarem a mochila na sala da amorinha. Consigo descer no mesmo elevador em que subi e sento-me no carro sentindo-me exausta.
Da creche ao trabalho são uns 5 minutos de carro, o papá vai estacionar, eu espero 4 elevadores, sempre cheios de manhã, entro no trabalho e pico às 09:02, nada mau para tanta agitação!

16 comments:

TorreDaVila said...

Opa! é mesmo daqueles post em que quem lê tb fica ofegante!

quem é mãe entende-te na perfeição!

beijokas

Marita said...

Bolas!
Que manhã...!!
Isso é que foi começar o dia numa correria!.

bjinhos

Anonymous said...

Bolas, por isso é que estás em forma!!! Assim, também eu!! eheh
Força, mais uns dias e vais descansar em Singapura.
Bjs,

Susana Ramos

Jane & Cia said...

até eu fiquei estafada... a torcer pelos minutos... mesmo sem tantas aventuras tenho manhãs sempre a correr... não sou muito boa a despertar...

beijos daqui até aí

eu-sei-lá said...

bolas, até u fiquei cansada :))
beijocas
Ruth+Diogo

Cristina said...

Também tenho dessas manhãs!

Bjos

Cristina

Sofia e Beatriz said...

Puxa...até eu fiquei cansada e com calor!!!
Uma hora cheia de agitação!

Beijinhos Nossos

(os meninos entram em fila para a escola? Não percebi, essa parte )

Isabel said...

loool
até fiquei stressada de ler este post!!!!
hihi...
mas afinal, o resultado final foi quase perfeito...
bjs

Patrícia said...

Ufa!
Que correria logo pela manhã!
Até eu fiquei cansada!!!
Mas no fim tudo ficou bem!
Bjs

Miduxe said...

ufa! que começo!!!
e ser mãe é isso mesmo!
beijos

As minhas melodias said...

Ena...mas que manhã!!
olha, a caixa dos almoços depois vai para o frigorifico?
Bjs

madurinho said...

Ufa! Até eu fiquei cansada!!! Mas cá por casa as coisas não andam muito diferentes...
Beijos

Baguigolas said...

Uf!
Realmente, mesmo nada mau!

maria-joão said...

Ups! Que agitação, só de ler fiquei cansada.

Smas said...

Sofia e Beatriz: Sim, eles estão no recreio, depois há alguém que apita e eles fazem fila para entrar. Ah, e é mesmo um apito, não há campainhas

As minha Melodias: Não, os almoços estão no termo, a caixa é só para levar os almoços todos para os meninos.

AB said...

Isso é que foi uma correria logo pela manha. Ufa... que canseira!