Friday, May 18, 2007

DIA DE ANOS DA AMORINHA

(os mais sensíveis que “saltem” este post)

16.05 23:00:
O mano acorda a chorar, vomitado da cabeça aos pés. O pai meteu-o na banheira, sempre a chorar enquanto eu mudava a cama toda e arranjava outro pijama para ele vestir. Tento dar-lhe Pocari (tipo Isostar, bebida para atletas) para beber, mas está gelada e ele recusa beber, sempre a choramingar.
E eu espero que seja só uma má disposição, afinal no dia seguinte são os anos da mana...

17.05

01:00: Vomita mais um pouco. Limpo-o com toalhetes. Ele choraminga. Lençóis lavados. Pijama lavado. Beber Pocari, agora menos fria.

02:00 Igual ao anterior, mas começo a ver o caso mal parado. O papá fica a dormir no quarto dele.

05:00 Mal disposto, diz que tem fome e quer leitinho. Tenho medo que vomite... Bebe Pocari, leitinho e dorme. Não vomita.
A mana acorda e bebe leitinho. Volta a dormir.

06:00 Eu acordo sobressaltada porque o “ouvi” chamar. Entro a correr no quarto dele e está a dormir, assim como o papá. De volta ao meu quarto também a mana está a dormir. Devo ter sonhado.

07:30 Acordo tarde. Vou acordá-lo. Está cansado. Casa de banho. Pocari. Leitinho. E eu à espera dele vomitar. Meio biberão, não vomita mas está rabugento. Choraminga que não quer ir para a escola. Acordo a mana, que não quer leitinho. Despacho todos.

08:15 Finalmente saímos, estamos atrasados

08:30: O boneco não fica na escola. A professora diz que a política da escola é que se estão assim não ficam. Boneco chora e o papá vem com ele. A empregada não tem o telefone ligado.

08:45 Deixo a mana na creche. Decido ir ao hospital com o boneco.

9:00 Estamos no hospital. Uma criança à nossa frente. É preciso usar máscara. O boneco vomita. Tiro a máscara o mais rápido possível e levo-o para a casa de banho, dos homens que a das senhoras está ocupada. Suja o uniforme. Choraminga. Limpo-o. Chamo a segurança para chamar alguém para limpar. Arranjo um saco para ele vomitar se voltar a acontecer.

09:20 Chamam-no. O médico não sabe o que é “vomitting”. Faço o gesto e o som. De resposta um “Ah!” Começa a escrever. Vai fazendo perguntas. “Running nose?”, “Cof?”, “Diahrea?”. Vou respondendo. Deitar na marquesa. Observa, apalpa a barriga, ausculta. Pergunta ao boneco: “Pain?”. O boneco vai abanando a cabeça com sim e não. Escreve.
Imprime a receita. Dá-me a receita e explica mais ou menos. Peço um papel para a escola e outro para o meu trabalho: 1 dia.

09:35 O papá a telefonar, estamos na rua. Passo na farmácia e vamos para casa.

09:50 Estamos em casa. Boneco toma medicamento para não vomitar. Vai bebendo Pocari.

10:30 Chega a empregada. Mudou de telefone e não tinha avisado! Fico furiosa.

11: 00 Aqueço uma canja. Come um pouco.

11:25 Vou a Macau. Passo no trabalho a entregar o atestado médico. Vou trocar um vestido da amorinha. Encontro a mamã de uma colega do boneco.

13:15 Vou buscar o bolo da amorinha. O papá apanha-me.

13:30 Deixamos bolo, prendinhas e sumos na creche. Vou ao supermercado comprar Pocari e volto para casa.

14:40 Almoço uma salada. O boneco já tinha voltado a comer canja. Não vomitou mais.

15:45 Vou buscar a mana à creche. O boneco quer ir comigo. Levo-º

16:30 Apanhamos a mana. O boneco quer ir ao jardim. Vamos ao jardim.

17:10 Boneco quer ir para casa. Vamos embora. A amorinha está feliz por ter ido ao jardim com o mano.

17:30 Estamos perto do trabalho do papá. Subimos.

17:45 Vamos para casa.

19:00 Amorinha e boneco jantam canja. O boneco não acaba a canja e a amorinha apodera-se de prato dele com tanto gosto que não tive coragem de tirar, além disso o boneco já não vomitava há muito tempo.

20:00 Jantamos todos. Boneco come arroz de cenoura e um pouco de peixe. Amorinha só come um pouco de peixe. O avô ª e a avó D. telefonam para cantar os parabéns. Quando dizem que tem 2 anos a resposta é invariavelmente a mesma: “NÃO!”

21:00 Estou a pô-los na cama. Cansada!

3 comments:

alice+duarte said...

Bolas q dia cansativo.

E pelo menos a festa na escola correu bem ?


Bjs

alice+duarte

Sónia said...

Bolas que dia!

Espero que ele já esteja melhor!

Beijinhos

Mamã trintona said...

Bolas, miga!
Isso é que foi uma noite/dia complicado.
Espero que não tenha sido nada demais e que tenha mesmo passado rápido.
Joquinhas
Sofia