Thursday, September 10, 2009

MADEIRA: DIA 5

28/7: Dia sem carro.

Resolvemos fazer a volta no autocarro turístico que parte mesmo da porta do hotel onde estávamos.
Saímos junto aos teleféricos e apanhámos os teleféricos para o Monte.
Um dia verdadeiramente turístico pois ao entrar para o teleférico tiram-nos uma foto que nos “entregam” por 10 euros ao chegarmos ao fim do percurso. O percurso demora uns 15 minutos, mas mesmo quem não gosta de teleféricos (como eu) faz bem o percurso, isto se, como me acontece sempre, o teleférico não parar a meio da viagem…

Fomos, por engano meu, que pensava que a igreja do Monte era dentro do jardim, ao Jardim Tropical Monte Palace. O jardim até é bonito mas a entrada é um bocado cara, 10 euros por adulto. Ainda bem que as crianças não pagam! Demos uma volta por lá. O boneco fartou-se de correr para trás e para a frente, enquanto a amorinha só reclamava que estava cansada, afinal o jardim é sempre a subir e a descer, ou não ficasse na montanha!
Posted by Picasa

Depois fomos até à Igreja do Monte, que é muito bonita e de onde se tem uma bela vista sobre a baía do Funchal. É também junto à igreja que ficam os cestos de vime e os cesteiros. Almoçámos por lá e à tarde foi a aventura dos cestos. É relativamente caro, nós tivemos de descer em dois cestos pois somos 4, o que deu a módica quantia de 50 euros. Depois a foto, mas essa só compra quem quiser (e como íamos em 2 cestos foram duas fotos) que custa 10 euros (cada) e no fim os cesteiros ainda estendem os chapéus a pedir gorjeta (e eu sem moedas!).
Ah, e como o sítio onde os cestos param fica a meio caminho entre o Monte e o Funchal e nós tínhamos bilhete de ida e volta de teleférico apanhámos táxi para voltar a subir e cobraram-nos 16 euros! Senti-me roubada!
Mas é giro e é único, não há em mais lado nenhum. Os cestos ainda descem bastante depressa e tive de pedir para irem mais devagar que a amorinha estava assustada. Há carros a passar na estrada onde descem os cestos, mas todos se entendem bem e não é perigoso!
Posted by Picasa

Depois descemos de teleférico e continuámos a volta de autocarro até ao hotel.
Passámos pelo centro, Mercado dos Lavradores, igreja, etc, depois subiu ao Pico dos Barcelos e continuou para a zona do Lido.
Ainda chegámos a tempo dos miúdos irem um pouco à piscina antes do jantar.
Depois do jantar, ao regressar ao hotel, estava a começar no bar do hotel um espectáculo do rancho folclórico e os bonecos quiseram ver. No fim convidaram as pessoas a juntar-se a eles, e para grande surpresa minha o meu boneco foi e andou lá a dançar com eles.
Posted by Picasa

5 comments:

Anabela said...

A sensaçao de roubo que tu tiveste,eu tambem a tive,nao andei nos cestos pois como eramos uatro ficava carissimo e depois tonhamos de arranjar transporte para voltar ao monte,nao fiz esse passeio,sabes a Madeira é lindissima,foi dos sitios mais lindos que fui ate ao momento,mas nao é para Portugueses,é tudo caro

Ana Guida said...

Linda, antes de mais os meus parabens super-atrasados!...espero um dia conhecer a madeira, se assim for venho aqui ao teu cantinho espreitar este guia detalhado :)

bjs*

N'linha said...

Olá Sandra.
Há quanto tempo.
Gostei de saber que estiveste aqui, na minha terrinha, só tenho pena do "roubo" que te fizeram.
Como o Funchal é um lugar turístico, eles aproveitam-se de tudo e de todos.
Eu se fosse estrangeira nunca andaria nesses carrinhos do Monte. Tenho um medo tremendo, e acho que andam a muita velocidade naquela descida..é preciso descer de olhos fechados.
Beijinhos e volta cá mais vezes. Tens é que vir mais para norte.

Lisa_pt + Gil said...

Pois, eu acho q a Madeira é lindíssima, mas acho td caríssimo, tb não andámos nos cestos. Comprámos o bilhete do teleférico só de ida e regressámos td a pé! Víamos o pessoal a descer nos cestos e era só rir! :P

Jokas

Helena said...

belas férias sim senhora. também quero ir à Madeira um dia mas acho que uma viagem aos Açores deve ser melhor...
beijocas