Friday, November 20, 2009

A SAÚDE ESTÁ DOENTE

(Data alterada porque ninguém vai ter paciência para ler isto e é mais para eu me lembrar...)

Por aqui as dores continuam.
O antibiótico acabou e melhorei um pouco mas não para me deixar descansada…

Tal como disse na sexta-feira, 13, a médica das urgências do Centro de Saúde foi muito atenciosa e devo ter estado lá dentro uns 30 minutos a contar a história bastante detalhadamente e com ela a fazer várias perguntas. Ela recomendou que marcasse uma consulta de “Saúde Adulto”, o que quer dizer clínica geral e assim o fiz.

Na segunda-feira seguinte, há uma semana atrás, no dia 16 fui ao Centro de Saúde por volta das 14 horas marcar consulta, que ela me tinha dito que não seria “tão cedo”. Como tive “sorte” havia uma desistência. Perguntaram-me se queria ficar com a vaga e aceitei. Disseram que se não houvesse aquela desistência não teria vaga para consulta “tão cedo”… Fiquei à espera num sistema em que consoante as pessoas chegam sentam-se numas cadeiras numeradas por ordem de chegada. Às 14h era a “cadeira” 9 a que estava livre e que ocupei para a consulta das 14h30m.

Às 14h30m anunciam apenas em chinês que vai ser feita a distribuição das senhas e pouco depois entram as enfermeiras com os processos das pessoas inscritas para as consultas. Começam na cadeira número 1 e vão conferindo o papel que cada paciente tem referente à marcação da consulta e a lista que têm. Distribuem senhas coloridas: verde, vermelha e azul. Calha-me a senha número 3 azul e deduzo que tenho de ver um ecrã electrónico instalado naquela sala das “cadeiras numeradas” que tem escrito Sala número um num quadrado vermelho, sala número dois no verde e sala número três no azul. Há mais um quadrado que diz sala de observação onde também aparecem os números a piscar mas não percebo muito bem o que fazer.

Quando os números referentes à sala de observação começam a piscar muitas pessoas levantam-se e desaparecem daquela sala de espera de cadeiras numeradas e começo a achar estranho que o número 3 seja chamado várias vezes incluindo pelo microfone em chinês mas continuo à espera… As enfermeiras que distribuíram os números começam a arrumar as coisas e dirijo-me a uma delas a perguntar o que devo fazer com aquele número azul e ela olha para o quadro electrónico e empurra-me ligeiramente para fora da sala a apontar para o quadro da sala de observação e de seguida para fora da sala para o lado esquerdo.

Saio da sala e do lado esquerdo está outro quadro electrónico onde o número 3 está a piscar e algumas pessoas fazem fila à porta. Ao ver o meu número um senhor diz para ficar à frente dele que o número 3 é primeiro e ele é o número 4… Uma enfermeira da sala de observação diz para a outra (são 2) que o número 3 “já chegou”(em chinês, claro!). Manda-me subir para a balança e aponta-me uma cadeira para colocar a mala, ajusta a balança e diz bem alto para a outra 53Kg e eu fico a pensar onde está a privacidade de cada um? Toda a gente tem de saber quanto é que eu peso? Enfim…

De seguida espero novamente, quase entalada entre a pessoa que está a seguir a mim e o que está antes sentado na cadeira. Quando este último sai mandam-me sentar e medem-me a pressão, acho que era 11/8. Pressão medida “go wait outside” e eu vou…
Fico na sala de espera (a tal do quadro electrónico) até cerca das 15h05m quando finalmente o número 3 pisca na sala azul. No corredor, desta vez do lado direito está a sala azul com o número 3 a piscar.

Bato à porta, entro e está uma médica chinesa novinha que fala bem inglês e me pergunta o que tenho. Conto alguns pormenores da história e ela manda-me deitar. Ausculta-me e palpa-me a barriga, perguntando mais umas coisinhas. Passa-me uma radiografia à zona abdominal para 12 de Outubro de 2010, o mais rápido que consegue, mas recomenda-me que se as dores continuarem é melhor ir às urgências do hospital que “lá eles conseguem fazer exames urgentes e aqui nós não conseguimos”. Passa-me igualmente uma colonoscopia que terei de marcar no hospital… e quando tiver resultados recomenda-me que vá lá marcar uma consulta para mostrar os resultados…

Tenho de carimbar os pedidos de exames na recepção e de pedir um papel justificativo para apresentar no trabalho, que ela me entrega e eu começo a ir embora mas verifico que na hora de chegada estão 14h44m e volto para trás para informar que cheguei mais cedo. Contrariada diz-me em inglês que deveria ter ido à recepção avisar. Digo-lhe que marquei a consulta na recepção por volta das 14h e ela diz-me, em voz já alterada, que isso é outra coisa, que deveria ter dito que queria fazer check in. Informo, já irritada, que não saí de lá e que não fazia ideia que tinha de o fazer, que nunca lá tinha ido e que não vi nenhum aviso em lado nenhum porque mesmo que haja algum só está em chinês, mas que o papel para entregar no trabalho devia dizer pelo menos 14h30m e ela contrariada dá-me um novo papel e o “recado”de para a próxima ir lá fazer check in assim que chegar.

Às 15h22m estou na rua, bastante irritada e com os papéis dos exames que me parecem uma anedota. A 16 de Novembro, o mais rápido que se consegue fazer um raio X à barriga é a 12 de Outubro do ano seguinte?! Não sei se devo rir ou chorar porque continuo com dores e não vejo alternativas para resolver a situação em Macau…

Acho que terei mesmo de apanhar um avião…

5 comments:

Patrícia said...

Ai... nem sei o que te diga...
Afinal, não é só por aqui que as coisas não funcionam...
Daqui a um ano?!?!?!

E não podes ir a um médico particular?

Bjs

Carla O. said...

Mulher, que novela! :(
Pergunto, como a Patricia, se não há hipótese de resolveres no particular...
Agora que, continuando com dores, tens que ver o que se passa, lá isso tens.
Beijinhos e melhoras!

Mãe da Rita said...

Pelo menos foste atendida... Agora, um ano??? Não digo mais nada... Beijinhos, isso vai tudo melhorar!!MJ

Isabel said...

uau! foi pior do que eu imaginava

Anonymous said...

酒店打工 酒店兼職
台北酒店 打工兼差 酒店工作
酒店經紀 禮服店
酒店兼差 酒店上班 酒店PT 酒店