Tuesday, September 16, 2008

AÇORES – S.MIGUEL: O IMPACTO

Posted by Picasa

Este post está prometido e tem sido adiado porque há tanto a dizer que nem sei por onde começar…
A nossa viagem a S.Miguel começa com uma história engraçada de dois jovens que trocavam correspondência, há mais de 20 anos através do Clube Verbo (acho que era isto…), um de Macau e um de S.Miguel, Açores.
Conheceram-se em Lisboa, muitos anos depois de trocarem correspondência e eu conheci o correspondente açoreano há uns 3 anos, nas Amoreiras, em Lisboa.
A viagem a S.Miguel está prometida pelo então jovem de Macau há mais de 20 anos… e, este ano eu decidi que finalmente se iria realizar.

Quando marquei as viagens tive em conta que não tínhamos muito tempo e que não queria andar a “correr” de um lado para o outro, ainda por cima com duas crianças pequenas, a que se juntavam as açorianas.
Inicialmente foram programados uns dias em S.Miguel e uns dias na Terceira, mas como precisei de reduzir um dia à viagem a Terceira ficou para próxima oportunidade e marquei as nossas férias em S.Miguel de 5 a 11 de Agosto para coincidir com as férias da amiga açoreana.

A minha expectativa em relação ao que iria encontrar era pouca, o que se devia ao facto de não conhecer nada dos Açores e de morar numa ilha minúscula. Não tive tempo para pesquisar nada sobre S.Miguel e o facto de ir para casa de um local também me deixou mais descansada. O que sabia é o que toda a gente sabe, uma ilha no meio do Atlântico, muito verdinha, muito bonita, com a Lagoa das Sete Cidades e as Furnas e pouco mais… Ignorância, talvez, admito, mas não podemos saber tudo sobre todo o mundo. Também achava que seria uma ilha pequena, pouco desenvolvida e muito rural…

Ao chegar ao aeroporto, pequeno, achei que a minha ideia estava correcta embora me tenha surpreendido pois o meu voo afinal tinha escola em Ponta Delgada e seguia para Bóston, nos Estados Unidos.
A receber-nos estava a amiga com as filhas e os pais, numa recepção muito calorosa para com quem não conheciam. Foi complicado acomodar malas e crianças nos dois carros, as malas não eram muitas mas ocupam espaço e as crianças, duas da mesma idade porque não se queriam sentar uma num carro que não conhecia, numa cadeira que não conhecia e outra num sitio diferente daquele a que estava habituada…

Do aeroporto de Ponta Delgada até ao que o meu boneco baptizou de “nosso hotel”, a casa dos amigos em Lagoa, demorámos menos de 10 minutos, uma vivenda muito agradável e para onde o meu filho declarou 2 horas depois de ter chegado que não se importava de mudar para lá “forever”. O facto desta amiga ter uma filha de 8 anos muito simpática e que o aturou deve ter contribuído para esta decisão… a filha mais nova da nossa amiga é um mês e 6 dias mais velha que a amorinha mas é maior de tamanho e peso e o meu boneco também gostou muito de brincar com ela.

No dia seguinte fomos para o Nordeste, por entre vales e montanhas, uma paisagem deslumbrante, muito verde e muito azul do oceano, que nos encantou a todos. Parámos em vários miradouros e deslumbrámo-nos com a beleza natural desta ilha tão verdinha e onde tudo está tão bem cuidado. Aprendemos que hortênsias se chamam novelões e que a maioria se encontra por toda a ilha e são quase sempre azuis.

E foi neste primeiro dia em que andámos todo o dia de carro pelo Nordeste que comecei a ver que a minha ideia de uma ilha pequena estava errada…

Posted by Picasa

15 comments:

stardust said...

Sem dúvida um belíssimo lugar para umas férias, e com tanto para ver...

Aguardo os restantes relatos e as fotos sem dúvida muito bonitas.

Beijocas

Anonymous said...

Finalmente, o início do post que tanto aguardava....se decidirem mudar-se para lá, juntar-me-ei a vós....ahahah...é uma promessa...
Bjs grandes e fico a aguardar os próximos capítulos e as fotos,
Susana Ramos

Anabela e Lara said...

dizem que é lindissimo!!

Cool Mum said...

:)
Os meus 356 primos estão todos na Lagoa. O meu coração é lagoense. Estivemos lá nos mesmos dias, nós fomos de 9 a 23.
Não chegámos a ir tão longe. Como já não há pressão de conhecer tudo, tentamos mesmo fazer umas férias para descansar.

Monica said...

Eu adorava conhecer os Açores!

Tataruga said...

Estive lá, já lá vão 10 anos.... tambem fiquei encantada com a pureza das paisagens.... gostei tambem muito das vaquinhas:)
Beijinhos

Patrícia said...

Eu já fui aos Açores 3 vezes!
Adoro!!!
E hei-de lá voltar mais vezes!

Bjs

_+*A Elite in Paris*+_ said...

Um "sonho" que demorou quase vinte anos a realizar-se e fizeste com a tua brand new and lovely family! :)

Beijo meu ♥,

A Elite

AB said...

Minha querida, sabes que eu tinha exactamente a mesma ideia quando visitei a ilha há uns anos atrás. No entanto, mudei completamente o meu pensar ao fim do primeiro dia de visita pela ilha. È de facto linda, não é?
Beijinho e boa semana.

Cristina said...

Já fomos e adoramos. É uma ilha bem grande. Numa semana, andamos sempre a correr!

Cristina

cilinha said...

ola que lindas fotos dos Açores adorava la ir, mas deve de ser lindissimo dava uma novela aqui que foi toda gravada nos Açores e tinha umas paisagens maravilhosas parece que tudo na ilha e´lindo :)
vou ficar a espera de mais fotos ok. bjocas.

Ana Guida said...

fiquei apaixonada por estas paisagens tao bonitas :) espero um dia la ir tb!

bjs*

Mel said...

`:0)
Comnheço algumas das ilhas açoreanas mas S. Miguel não, com muita pena minha. Mas um dia...
Que fotos deliciosas!
Provaste o famoso cozido à portuguesa feito com vapor das furnas??
bjs

Ludy said...

Como gostaria de conhecer os Açores! E Esta ai tão perto de cabo Verde...

Beijos nossos

Bailarina said...

E eu que não conheço S. Miguel! ca nervos!!! beijos