Friday, January 09, 2009

DESFRALDE NOCTURNO

Este post já deveria ter sido escrito há mais tempo e, nos tempos em que este blog era um diário, já teria sido escrito.
Há marcos importantes na vida dos filhotes que tenho de deixar registados porque a memória um dia pode trair-me e há coisas que o cérebro considera menos importante e acaba por esquecer.

Quando fez 2 anos, a amorinha deixou de usar fraldas durante o dia. Ela também não queria por à noite, mas eu achei que talvez fosse demasiado cedo, e continuei a pôr. Realmente durante os primeiros dois ou três dias ela acordou com a fralda seca, mas depois começou a deixar de estar seca e eu achei que tinha feito bem. Hoje acho que fiz mal e que teria sido mais fácil ter feito os dois desfraldes – dia e noite- ao mesmo tempo. Mas não fiz e ela habituou-se que de dia não podia fazer e não me lembro de terem havido acidentes, foi um processo muito suave e rápido, mais rápido do que com o mano.

Assim, decidi que quando ela fizesse 3 anos começaria o desfralde nocturno e assim o fiz, mas com muitos acidentes nocturnos e acabei por ter de desistir por falta de impermeáveis para a cama (são 5, mas com a humidade de Macau, não secavam). Depois foi a vez dela ficar doente, uns tempos mais tarde foi o irmão que ficou doente e por fim eu também fiquei doente. Seguiram-se as férias em Portugal e com a mudança de horário e os passeios e falta de descanso decidi adiar até ao nosso regresso.
Uma semana depois de regressarmos, a 1 de Setembro, começou a escola, uma escola nova, com professores e colegas novos e deixei novamente passar mais uns tempos. De repente pareceu-me que havia sempre uma desculpa para adiar.

Assim, no dia 14 de Setembro de 2008 decidi que se tinham acabado as desculpas e começámos o desfralde. Expliquei-lhe que era uma menina grande que já estava na escola e que era muito crescida e por isso já não podia usar fralda para dormir pois as fraldas eram para os bebés. A conversa funcionou na primeira noite.

Na segunda noite por volta da meia-noite já tinha feito xixi na cama.
No dia 22 fez na escola à hora da sesta e no dia seguinte em casa por volta da meia-noite. Os dias que se seguiram foi para esquecer e começaram a deixar-me com vontade de desistir:
Dia 25/9, xixi na cama por volta das onze, dia 26 uma noite descansada, dia 27/9 xixi na cama de madrugada, por volta das 2 da manhã, 28/9 às dez e meia da noite já estava a mudar a cama, filme que se repetiu no dia 29/9, 30/9 e 01/10.
Ao fim destes dias estava literalmente “de rastos”, cansada e com umas olheiras enormes. No dia 2 tive direito a uma noite descansada para recuperar forças.
No dia seguinte também acordou sequinha e pediu para dizer às amiguinhas açoreanas, que tínhamos visitado no Verão.
No dia seguinte acordou às 10h da manhã, ensopada. E teve direito a ameaça de não haver festinhas à noite para adormecer, o que parece ter resultado até ao dia 13 em que fez xixi na escola, à hora da sesta. Novamente um período seco até ao dia 26, em que fez xixi na cama duas vezes durante a noite.

Depois disso as coisas tem corrido muito bem, escepção feita às férias de Natal na Tailândia, culpa minha que lhe coloquei fralda à noite pois tinha medo que ela se descuidasse no hotel e não queria andar a telefonar de madrugada para alguém vir mudar a cama.

Acabadas as férias, de regresso a Macau, ainda coloquei fralda na primeira noite, mas depois ela informou-me que não precisa de fralda e não usou mais. Nada a reclamar que a menina é grande e muito, muito linda!
Parabéns, amorinha.

5 comments:

maedoskiduxos said...

Ao ler o teu post identifiquei-me e acho que incorri no mesmo erro... :S
A Diana deixou as fraldas durante o dia com 22 meses. Correu muito bem. Achei que era demasiado cedo para lhe tirar as da noite, muito embora nos primeiros dias tb me tivesse acontecido ela acordar com a fralda da noite seca. Dorme c fralda até hoje. Pensei que seria mais sensato tirar este Verão, em que já estará a caminho dos 3 anos.
Vamos ver se não me acontece o mesmo q tu.

AB said...

Parece que agora está a entrar nos eixos. Ainda tiveste direito a umas dorzitas de cabeça e umas noites mal dormidas mas pronto... a filhota está crescidinha. Parabéns.
Beijinho e boa semana.

cilinha said...

ola : eu acho que toda a gente tem esse problema ,quando tem crianças pequenas pelo menos de noite facilita-se um bocado mas tudo tem o seu fim mais tarde ou mais cedo e...ja passou tudo... ja tens ai uma mulherzinha ...
beijinhos

Anabela e Lara said...

por aqui ainda há fraklda nocturna

bjs

Anonymous said...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic