Wednesday, February 27, 2008

ONDE ESTÃO OS MEUS BEBÉS?

Ontem recebi um email de uma das minhas cunhadas com fotos da minha sobrinha mais nova, a S.
Além de ter um nome lindo, que teria sido o nome do meu filho se tivesse sido menina, é tão pequenina e tem aquele ar de bebé fofinha que dá vontade de apertar, quase que até sinto o cheirinho a bebé através das fotos...
Ao ver aquelas fotos de uma menina tão pequenina, vestida de rosa, de olho aberto, enorme e desperto, sinto uma pontinha de inveja e de saudade.

Esta manhã vesti o meu filho que, a 3 meses de fazer 6 anos, tem 1,20m, já perdeu 2 dentes e está um rapazinho. Está crescido e muito esperto para a idade, mas é e será sempre o meu bebé. Olho para ele a dormir com a sua fraldinha de pano e ainda lhe descubra traços do meu bebé.
Mas acordado refila que não é bebé, enquanto me dá beijos e abraços que me enchem a alma e o coração e me diz que me ama e que eu sou a namorada dele, e que ficará sempre comigo. E eu acredito porque assim sou mais feliz.

Depois acordo a minha “bebé”, pego nela ao colo e já me custa tanto levantar aqueles 14 kgs a dormir da cama de grades...
Deito-a no meu colo, onde ela mal cabe, para lhe dar o leitinho no biberão e delicio-me com a carinha de bebé que faz enquanto abre a boca à procura da tetina do biberão sem abrir os olhinhos. Numa mão a fraldinha de pano, na outra o boneco de peluche preferido do momento, um “quinguim”. Quando acaba de beber o leitinho diz sempre para eu vestir o mano primeiro enquanto ela fica na minha cama a dormitar mais um pouco.
Observo-a a espreguiçar-se, está tão comprida (95 cm?) e esguia (emagreceu imenso nestes últimos meses) e tenho saudades da minha bebé.
Ela, mais que o irmão, (mais apenas porque foi a minha última bebé) será sempre a minha bebé.

Eles em Maio.2005

14 comments:

Isabel said...

o tempo é tão mau connosco, foge-nos pelos dedos e leva com eles os nossos bebés que estão cada vez mais crescidos...como eu te compreendo!!!!
:)

Mãe da malta said...

Do teu filho mais velho leio e sinto igualzinho ao meu :), tão pequeninos e tão grandes ao mesmo tempo

laida said...

Eu concordo contigo amiga,
parece que foi ontem que o meu filhote nasceu e ja tenho saudades de quando ele era bebe,
ele ja esta tao grande
eu tento aproveitar ao maximo esta fase, porque daqui a uns anos sera bem pior.
bjs

Ana said...

Eh engracado estava a pouco a olhar para a Xana antes do pai a levar a escola e disse-lhe.
- Aonde esta a minha menina de cabelo aos caracois?Aquela menina pequenina que se abracava aos meus joelhos?
- Cresceu - disse-me ela.
E eh mesmo assim, de repente crescem e nos nao nos aprecebemos. Isso eh bom, mas ao mesmo tempo...

Ana Guida said...

eu digo-te: cresceram, apenas isso ;)

revejo-me imenso neste teu post...

n consigo ver a foto, tenho d voltar ca dp ;) bjs*

Carla Iglesias said...

Eu também sinto o mesmo que tu, e acho que no geral todas as mamãs se queixam do mesmo.
Mas adorei o que disseste do acordar e das expressões que conseguimos reconhecer e faz-nos recuar e lembrar deles quando eram bebés.
A Ângela dorme de lado e quando está a dormir profundamente olho para ela e vejo aquele bebé com as bochechas gordas a dormir de lado..Que saudades

Beijinhos
Carla

Bekas C. said...

Também sinto uma certa saudade de ter um bébé pequenino...
Beijokas
;)

maedoskiduxos said...

Não aparece a foto, mas pelas que vi das férias eles estão mesmo crescidos. Ela então,... notei-lhe uma diferença enorme.

Eu tenho saudades deles pequeninos...deles mesmo...não de um novo bebé em casa...é aquele sentimento que aperta as lágrimas na garganta, que nos diz que o tempo não volta átrás.

Bjs

TorreDaVila said...

concordo a 200%...

ás vezes penso que sou eu que faço o meu "ultimo bebé" mais bebé pq sei que o mais certo é não ter mais bebés... :(

AB said...

Os nossos filhos são sempre os nossos bebés. A minha já tem 24 anos e eu continue a achar que ela é a minha menina.

anabela e lara said...

eles crecem tao rapido... e nos nao conseguimos acompanha-los

serao sempre os nossos bebes

Mikas said...

Oh se eles ficassem sempre do mesmo tamanho :-)

Helena said...

percebo tão bem o que dizes quando olho para a Adriana, como é possível que cresçam tão rápido. e não tarda nada estarei a dizer o mesmo do Dani...
as vossas férias parecem ter sido bem divertidas.
beijocas

maria-joão said...

Também a mim... também a mim este post vem acordar muitas saudadinhas...