Wednesday, July 21, 2010

Cruel Abandono

Mais um livro que li muito rapidamente. Delicioso e intenso.
Quanto mais lia, mais vontade tinha de ler e de saber o que ia acontecer a seguir.
Bastante diferente do outro livro da mesma autora que li o ano passado: Escandâlo.


Imagem e resumo aqui

Título: Cruel Abandono
Autora: Penny Vincenzi
Nº Págs: 640

Quanto pesa um passado? Desenrolado à volta das consequências de um acto desesperado, Cruel Abandono é, provavelmente, o mais excitante e intrigante romance de Penny Vincenzi.
A Porto Editora apresenta o novo livro da britânica Penny Vincenzi. Bestseller de uma mulher, sobre mulheres, para mulheres, Cruel Abandono é um título contraditório de uma história que, até à última página, é impossível abandonar. Numa noite de 1986, uma bebé recém-nascida é encontrada abandonada no aeroporto de Heathrow. Goradas as investigações, a criança é entregue às autoridades e posteriormente adoptada. Passados quinze anos, a bebé, Kate, é já uma bela adolescente, aspirante a modelo, que decide procurar a mãe biológica. Essa busca vai reunir três mulheres - Martha, Clio e Jocasta - que 16 anos antes se tinham conhecido, casualmente, durante uma viagem à Tailândia. As três amigas têm agora vidas agitadas mas bem-sucedidas, cheias de preocupações profissionais e de relações amorosas nem sempre fáceis. Martha continua solteira e é uma advogada de sucesso; Clio é uma médica presa a um casamento falhado; Jocasta é uma jornalista apaixonada por um homem com pavor dos compromissos. Kate irá concretizar o seu desejo de conhecer a mãe biológica, mas isso obrigará a que seja revelado um segredo que uma das mulheres guardara ciosamente ao longo de todos esses anos.

Sobre a autora
Penny Vincenzi é uma das mais populares e estimadas escritoras britânicas. Foi jornalista, colaborando em publicações como The Daily Mirror, The Times, Vogue e Cosmopolitan, entre outras, antes de iniciar uma carreira literária de sucesso – os seus livros já venderam em todo o mundo mais de quatro milhões de exemplares. O seu primeiro romance, Old Sins, foi publicado em 1989, tendo escrito depois muitos outros, um dos quais, Escândalo, foi já traduzido em português. A sua obra mais recente, The Best of Times (2009), será o próximo livro da autora a ser publicado nesta colecção.

O que dizem
«Cada livro de Penny Vincenzi é um bestseller garantido. Este não é excepção. Tem viagens, romance e mistério, tudo numa só história.»
Grazia
«Ninguém domina de forma tão brilhante a arte de combinar mistério e glamour como Penny Vincenzi.»
F Magazine
«Tal como o champanhe… borbulhante e delicioso. Uma leitura fantástica.»
Daily Express

Primeiras páginas aqui


1 comment:

Tataruga said...

Tenho os dois e adorei. Ela agora tem um livro novo. Estou a pensar comprá-lo.
Bjinhos grandes