Monday, January 29, 2007

LER



Descobri que o meu filho sabe ler algumas palavras, devagarinho e formando as frases.
Pensava que tinha sido na escola mas ele disse que foi comigo.
Eu não lhe ensinei mas ele pede-me para apontar cada palavra que vou lendo com o dedo e ele costuma seguir muito atento. Ontem à noite enquanto preparava o uniforme dele ouço-o a “ler”. Inicialmente pensei que estaria a inventar e nem liguei.
Quando me sentei ao lado dele e vi-o a juntar as palavras fiquei tão admirada! E ele tão feliz sempre que conseguia ler uma palavra sozinho sem a minha interferência...
Claro que há muita coisa que ele não consegue ler ou não tem a pronúncia correcta, mas já consegue juntar as palavras (as mais simples), algumas frases completas e perceber o que lá está.
No inicio fiquei muito contente, depois preocupada que esteja a aprender demasiado depressa e que se farte da escola. Alguém me ensina o que é que eu faço?
Vale o facto de ele adorar a escola porque brinca muito e tem lá muitos amigos, mas nem sei como vai ser com a pressa que ele tem de aprender.

Para referência, o livro que ele estava a ler era “I’m dirty!”

25 comments:

Sorrisos da minha Alma said...

Incentiva-lo segundo as necessidades dele, se ele te pede não vejo porque não.
Está a ficar um lindo menino.
Beijos grandes.

edelweiss said...

Acho que deves ficar orgulhosa, e não preocupada! Bjs.

Jane & Cia said...

Com as devidas diferenças...e eu não sabia outras línguas que não a minha.... aprendi a ler aos 4 anos, aos 5, a minha mãe (que era professora) dava a primeira classe, comecei a querer ir com ela... por dezembro já ia sempre... por vontade minha!
O médico dizia para não forçar, se algum dia eu tivesse que repetir... que não puxasse muito por mim... que me deixassem andar... por força teria de repetir pelo menos o 4º ano pois não se podia passar com 9 para o 5º. Não repeti, a lei mudou nesse ano e fizeram-me um exame com um inspector... Houve apenas um erro nisto tudo, é que nunca me explicaram porque é que exigiam de mim menos do que aos outros... no 4º ano como ia ter de repetir a professora chegava mesmo a mandar-me embora mais cedo diariamente...

Durante esse tempo pensava que era diferente dos outros, e no fundo não sou, apenas comecei mais cedo.

Desculpa o enorme comentário e talvez até penses que nada disto se aplique ao teu menino, só para dizer que é importante que ele avance ao seu ritmo e se ele já começou acho que não é possível travá-lo ou atrasá-lo (como tentaram comigo)... e também nunca o fazer pensar que é diferente...

Piquinota said...

:) Eu acho que deves ir acompanhando... Não é incomum começar a ler aos 5 (quase!) anitos!:)

Incentiva-o e ajuda-o, ao ritmo dele!:)

Jinhos

Bia said...

Desejo-te uma boa semana, jinhos fofos apertadinhos

http://esperancadesermaisfeliz.blogspot.com

ana e afonso said...

Olá!
Não tive tempo de te ler... é só para dizer que as novidades estão lá... mais abaixo!
BEijoikitas

Sandra said...

Olá,
Sabes, eu iria ao ritmo dele...nunca o avançaria um ano, tipo entrar logo para a segunda classe (dá quase sempre problemas), mas também não o atrasaria. Depende muito da escola para onde vai. E da professora. Mas para já, acompanha-o, satifaz os pedidos e as exigências dele.
Beijinhos e parabéns, claro!
Sandra (tiago e diogo)

RAlabaça said...

Que surpresa tiveste! Ele aprende mesmo rápido.
Não tenhas pressa, nem receios, deixa-o aprender ao ritmo lele.

Beijocas

Sandra said...

Também acho que não deves ficar preocupada. Ele é um menino curioso e interessado, naturalmente vai fazendo estas aquisições o que é óptimo! Deixa fluir naturalmente.

Um beijinho

Ana said...

Claro que sim Sandrinha, nem precisas perguntar, estas em tua casa, vai la e escolhe o que quiseres.
Beijinhos
Ana Felpuda

Ana said...

As criancas nunca aprendem rapido ou devagar de mais, aprendem ao ritmo deles.
Se o teu filho tao pequenino ja esta a ler eh porque PODE!
Beijinhos
Ana Felpuda

Carla Isabel said...

Minha querida achei fantástico o que li, já pensaste em avaliar as capacidades dele?Aqui em Portugal há o instituto de inteligência...devias fazer-lhe os testes...até porque ele pode precisar de acompanhamento par não se desinteressar por coisas que eventualmente ele ache demasiado faceis para a capacidade dele.

Bjs

Carla

vera said...

será que ele é uma criança super dotada? já pensas-te nisso?

vai com calma!

ele até pode não se vir a fartar da escola, pode é ser curioso e gostar de saber mais e mais.

jocas
vera

YAMI said...

bemmmm

Acho que deves ter calma e apenas estar de olho..existem crianças assim..

beijos kida linda
yami

carla & Nicole said...

Olá!
Acompanha-o, se necessario vai ao psicologo tirar duvidas, ele melhor que ninguem pode dizer-te o que fazer.
Bjs C&N

veliam said...

Realmente o Daniel é uma criança muito inteligente, que capta tudo com muita facilidade.
À crianças que tem mais dificuldades em aprender, à outras e vão aprendendo conforme se lhe vai ensinando e outras que aprendem mesmo sozinhos e não acho que nada disso é preocupante apenas devemos estar atentos a algum problema que surja e deixa-los aprender ao seu ritmo.

Bjs

NaRiZiNHo said...

Temos um géniozinho ;)
O tempo vai-te ajudar :), usufruiu dessa vontade dele querer absorver tudo ;), desde que seja controlada :-*

Noite said...

Sandra, isso é uma boa notícia, ele só por si descobriu o mecanismo da escrita, o que lhe vai facilitar imenso os primeiros anitos de escola. Não fiques com receio, porque não és tu quem força, é ele que é curioso e avança por si, não há mal nenhum nisso.
Eu aprendi a ler com 5 anos porque era assim no João de Deus, onde andei, mas como ali só havia até à 2a. classe, mudei de escola e os meus colegas estavam a aprender coisas que eu já sabia. Ao princípio torna-se um bocadinho desinteressante de facto, mas é por pouco tempo e vais ver que é só nessa área, porque há tanto que aprender na escola, que ele não vai ter como se aborrecer. :)
Antes assim que ao contrário, eu tenho cá um bebé grande em casa que já anda no 3o. ano, como sabes e posso dizer-te que é muito penoso! (para ele e para mim)
(não queres mandar-me um pouquinho da maturidade do teu??) :)

carla m. said...

Eu penso, mas não sou entendida no assunto, que não tens motivos para te preocupares. Sabes, a maneira como ele aprendeu, é que não deve ser muito usual, mas se ele tem necessidade de aprender, até acho bem.
Beijokas

Gioconda said...

A vida ai em Macau é maioritariamente falada em que lingua?

Amélia do Benjamim said...

Olá Sandra,
Tu já tinhas percebido que o teu boneco era especial há uns post atrás. Ele lê as letras como aqueles que lêem a arte plástica ou a música talvez. Por outro lado existe a curiosidade para as letras da língua, ou línguas diferentes. É o que ele quer e o que ele gosta. Não te apoquentes, ele está a despertar.
Beijinhos

Meu mais que tudo said...

Pelo que dá a entender o teu filho tem uma ansia e uma vontade enorme de aprender amiga, e parte dele não es tu ou algume que o força por isso penso que é bom...

E parabens claro a ti como mãe desse docinho...imagino bem a baba que por aí vai...

Um beijo grande

As minhas melodias said...

Olha, nessa idade não costumo ensinar mais do que escrever o nome e conhecer alguns números contudo, SEMPRE que a criança mostre interesse devemos ajudá-la sim. Porque não? Não deve é ser visto como uma obrigação/ exigência para agradar aos adultos.
De resto...porque não? Não seria mais preocupante se não mostrasse interesse por nada?
:0)
Bjs

ana e afonso said...

OLha, dou-te os parabéns!
Ainda bem que gosta de aprender, antes assim!
Acompanha-o sempre que pede ajuda, parece-me o mais sensato!
Acredito que nunca se vai cansar da escola, muito pelo contrário, vai querer é sempre saber mais!

Mamã P. said...

OLá Sandra!! Já não vinha cá há muito tempo e estou a gostar de ler todas estas novidades...
Quanto ao teu boneoc queria apenas dizer-te que é muito importante estares atenta e acompanhá-lo. Se ele quer aprender deixa mas tens ed ter atenção para que depois ele não se desmotive na escola (por já saber o que está a apredender). Não sei se você têm aí mas cá em Portugal existe o Instituto da Inteligência que avalia se as crianças são ou não sobredotadas e indica escolas "mais apropriadas" para estas crianças. Pensa nisso.