Wednesday, September 27, 2006

ELE. ELA. ELES

ELE

Menino crescido
Do alto dos seus 4 anos
Menino independente
Quer fazer tudo sozinho
Cada vez mais
Mas o leitinho
Continua a gostar de o beber
Pelo biberão
Aquele cuja tetina
Tem um buraco onde ele enfia o dedo
(Estão a ver o tamanho?!)
Menino que fala pouco
Quando está junto de estranhos
Mas que em casa
Ninguém cala
E fala pelos cotovelos
Quase tudo muito correcto
Menino que constrói frases
Que me vão deixando impressionada
Menino bem comportado
Quase sempre o mais sossegado na escola
Menino que sofre em silêncio
Menino sensível
Que chora de frustração
Porque não consegue fazer
Não consegue ser
Ou não consegue ter
Tudo como os outros meninos
Menino que quer
Que a mamã tenha muito dinheiro
Para não precisar de trabalhar
E à escola o ir buscar
Menino doce
Que me dá beijinhos
Que me diz que me ama
E me dá miminhos
Menino que faz birras
Como todos os meninos
Menino que é meu
Menino da mamã
Menino que é do mundo
Menino que se veste sozinho
Se assim o desejar
Menino que eu vou
Ajudando a crescer
E que me vai ensinado a amar!

ELA

Ela é o meu bebé
Mas cada vez menos bebé
Cada vez mais menina
Cada vez mais crescida
Menina traquina
Menina reguila
Menina determinada
Menina de personalidade forte
Menina “trepadora”
Que tudo sobe!
Menina dançarina
Que adora música e dançar
Que qualquer som
Tem o dom de te encantar
Menina que sorri
Que me desafia com ar matreiro
Menina que ri à gargalhada
Que se esconde atrás da cortina
Que salta no sofá
Que trepa as minha pernas
Menina que grita
Menina que faz birras
Muitas e se atira no chão
Menina que finge chorar
E franze o sobrolho
E faz cara de má
Menina que espreita
Para ver se (a birra) está a resultar
Menina da mamã
Menina que recusa o “titinho” (leitinho)
E que pede “menino” (maminha)
E bate palminhas quando a obtém
Menina que diz “um há” (não há)
Com as plaminhas da mão voltadas para cima
Quando na mama já nada há
Menina que adora o “Nôoddi”
E que para o ver nos deixa fazer tudo
Até cortar as unhas
E a fita que era antes
Que nem a dormir funcionava
Menina doce
Menina feliz
Menina que me fazia falta
Menina que me deixa feliz
Todos os dias
E que tal como o mano
Eu vou ajudando a crescer
E me vai ensinando a amar!


ELES

Eles adoram-se
Ela chama “menú” (mano)
Ao acordar
Ele fala nela
Ao sair de casa
Que ela vai chamar
“Menú” ao acordar
E ele não vai estar lá
Estará na escolinha
Que quando a escola acabar
Ao sair do autocarro
Ela estará no rés do chão
À espera dele chegar
Brincam muito
Os dois juntos
Ele sozinho, ela a meter-se
Ela sozinha, ele a meter-se
É só brincadeira
Ela sempre matreira
Sempre pronta a fazer asneira
Gosta de o provocar
De o irritar
Ao brincar
Com os seus brinquedos preferidos
Depois passa-lhe
E dá-lhe tudo o que ela quer
E insiste para ela brincar
Ela adora puxar-lhe os cabelos
E ele não costuma reclamar
Embora por vezes
Diga da mana não gostar
Mas quando lhe pergunto se gosta dela
Diz que a adora
Mas que ela é marota
E faz coisas mal
Que ele não gosta
E eu explico que ela é bebé
Que não sabe
Que ele também era assim
E ele gosta de saber
O bebé que foi
E é importante para mim
Que eles sejam amigos
Ele planeia o futuro dela
Onde irá brincar com ela
Qual será a escola dela
O que vão fazer juntos
As brincadeiras
Os passeios
As viagens
Quando falamos em viajar
Pergunta sempre se ela também vai
E explica-lhe em pormenor
Como é antes de partir
E vejo o amor
Que sei por ela sentir
Ele adora dar-lhe beijinhos
E ela adora refilar destes miminhos
Ela dá beijinhos ao mano
Se o desejar
Mas nunca se esquece dele
Antes de ir deitar
Ela é muito alegre
Muito feliz
Muito “faladora”
Ele agora fala mais
Ele é mais feliz com ela
Ela não é feliz sem ele
Adora-a, adora-o
São felizes.

Adenda: Queria agradecer à Laura do soleflor.blogspot.com pela visita que não consigo retribuir ;)

41 comments:

Iola said...

Os teus posts são sempre de uma ternura imensa!! Adorei!

Bjinhos,

Sandra said...

Lindo, lindo, lindo!

Adoro "ler-te".

Beijinhos

bolacha said...

:)

Como sempre tens palavras lindas para falares dos teus lindos filhotes
:)

Beijos

Grilinha said...

Tens um casilinho lindo de facto...que riqueza , não é? Beijinhos

Grilinha said...

casalinho...desculpa. Beijinhos

Miduxe said...

Desejo que esse amor e cumplicidade se mantenham..bjs

mãe tataruga said...

Adoro estes posts sobre uns meninos que adorei conhecer...
Muitos beijinhos para eles (hoje ficas de fora)

mulher elástica said...

Lindas como sempre as tuas palavras, num desfilar de emoções que me pôem de lágrima ao canto do olho, só por os(te) sentir assim feliz.
E fico também eu mais feliz, só porque uma família o é. Só porque vocês são.
Beijos incríveis.
PS. Obrigada por iluminares a minha manhã que depois de os ir pôr à escolinha fica assim tão cinzenta.

Patrícia M said...

Que fofura!!! Deve ser maravilhoso para uma mãe, ver os dois filhos a adoraram-se...

Beijinhos

Luísa said...

Tenh oestado um bocadinhoa ausente... mas tenho tido tanto trabalho e em casa os dentitos da Leonor não tem dado tréguas...

Mas enfim estive a agora a ler tudo e vi que a Eliana tb vai para a escola... espero que ela goste :)

beijocas grandes para vocÊs
Luisa

Miminho do bebé said...

Tens um não sei o ké que me deixa sem palavras falas dos teus filhos com tanto amor como se fossem flores especiais"que dizer, até são"

beijos amiga adorei são crianças maravilhosas e tu uma mãe babosa! hehehee

N'linha said...

Beijocas aos teus piolhinhos e para ti, mãe babada.:)

Mel said...

Tens uns filhotes muito queridos :0)
Olha, já me ensinaram como por o bloglines mas ainda não tentei :0)~Beijocas

Carla Isabel said...

Olá querida

Adorei a forma como descreveste os relacionamento deles!...de cumplicidade!

Espero que os meus tb sejam assim!

Bjs

Carla

Manela said...

Em conclusão: uma familia feliz

carla said...

lindo , lindo !!!~foje que inspiração...

jokinhas

LP said...

E é sempre uma emoção vê-los juntos não é?

Ana Paula said...

São lindos o Daniel e a Eliana! E ainda mais lindos são juntos! Tanta ternura nas tuas palavras, sente-se!
Essa do noddy para cortar as unhas é que é boa, tenho que experimentar!
Beijinhos

vera said...

olá

que lindo post!!

os teus filhotes são lindos!!

jocas
vera

docinho said...

Ele, ela, eles e tu... que orgulho vão ter um dia na mãe por falar deles com tanto carinho...
Parabéns!

beijos comovidos

Mãe Frenética said...

Leio isto e acho cada vez mais importante que hajam irmãos!!

Somos os Piolhos andantes said...

adoro ler tudo q escreves
beijocas

Somos os Piolhos andantes said...

adoro ler tudo q escreves
beijocas

NaRiZiNHo said...

São tão kidos!
Gostava de ver o meu sobrinho assim.
Quando estava grávida ele dizia que queria um bébé, mas perguntava-lhe se queria uma menina ou menino, e ele dizia:
-Não tia, só bébé! :)
Crianças :)
:-*

sonia alves said...

OI MINHA LINDA ,PASSEI PARA LHE DESEJAR UMA OPTIMA QUARTA FEIRA COM MUITA ALEGRIA ,JOKAS GRANDES

Ludy said...

"Menu"...Que terno e doce...

teresa said...

Olá amiga,
Gostei tanto de te ler...
Porque consegui ver tudo! Porque fiquei de facto com essa sensação...
Mil beijinhos,
Teresa

RAlabaça said...

Tão lindos os dois, complementam-se muito bem.
Que sejam sempre assim.

Bjs

rute28 said...

Sabes ao ler sobre ele poderias estar a escrever sobre o meu G!!
Não concebo os meus filhos um sem o outro não são eles quando estão separados ! És uma mulher sortuda por os teres na tua vida , aos 2!!
bjs

lila said...

Eles são felizes!!!
beijinhos

Scarlett said...

Quando nao se tem filhos, como é o meu caso, não temos noção do que isso é. E às vezes nem paciência para ouvrir falar de crianças. A verdade é que não entendemos. Nunca foi importante para mim vir a ter filhos mas desde que ganhei uma enteada alterei por completo a maneira de ver MUITA coisa. Obrigada pelas lágrimas que ficaram nos meus olhos. Estas são das boas.

mamã pintainha said...

Na proxima trago as galochas...muita bába de mãe por todo o lado, temos de andar aqui de calças pelos joelhos lloooooll

é a segunda vez que comento, não sei o que aconteceu ao outro comentario :S

Beijokas

Mamã do Diogo said...

Sao lindos os teus filhotes :)
Beijokas grandes para eles.

helena said...

Espero daqui a uns anos escrever qualquer coisa parecida. Adorei.
beijocas

ana e afonso said...

Tão diferentes e tão amigos!
Espero que assim continuem!
Beijokitas boas!

Cláu said...

Adorei este post.
Beijão

Sonhamos Contigo said...

Sao uns amores k tu amas e k te amam... um retrato de uma familia feliz, harmoniosa e unida!!
Adoro ler historias reais assim!!

Jinhos para tds

Jane & Cia said...

Dizem que os irmãos são quem mais nos influenciam pela vida fora... Felizes os teus meninos!

Sonia said...

Uma maravilhosa forma de os descrever :)))

Paula said...

Que texto tão lindo, com tanta ternura.

Que filhos tão lindos, que mamão tão linda...e babosa eheheh.

Gosto muito de te ler.

Beijinhos

Nina said...

Já li os posts atrasados, mas decidi parar aqui para comentar:)
Amei o teu pequeno poema. Mostra a linda pessoa que há em ti e o amor que estravaza de dentro de ti.
É este amor que eu tanto admiro(que dizes ter sido ensinado pelos teus filhos) que faz dos teus filhos aquilo que são: meigos e unidos.
És uma verdadeira mãe, querida!
Deve ser delicioso ouvir um filho dizer que nos ama:)
Vou continuar com as minhas leituras