Monday, September 11, 2006

PEDAÇOS DE VIDA

Triste
Cabisbaixa
Sem reclamações
Sem queixas
Aceita tudo
Sem reclamar
Aceita a vida como ela é
Nunca reclamou de dificuldades
Das várias adversidades
De nada
Sempre se desenrascou
Sempre
Até que a idade não perdoa
Já não tem as mesmas capacidades
A mesma energia de outrora
A mesma saúde...
E tanta gente que a magoa
E ela chora em silêncio
No silêncio do seu quarto
Qual quarto?
Aquele novo
Aquele que trazia a promessa
De ser melhor
De ser seu
Um novo começo
Aquele que lhe prometia
Descanso
Físico e mental
Aquele descanso
Merecido
De quem pode aproveitar
Os últimos anos de vida
Em paz e sossego
Sossego que não tem
Que não a deixam ter
E aquele quarto novo
Que não lhe oferece
A tranquilidade que merece
Está fechado
Trancado
E ela volta a partir
Para outro lugar
Talvez melhor
Há que o desejar
Porque pior
Não pode ser
E mais uma mudança
Mais uma esperança
Mas quando a idade é avançada
E a rotina muito alterada
Tudo começa a deixar de ter sentido
E o pouco ânimo de viver
Começa a desaparecer
E a pessoa começa a desesperar
A sentir-se a incomodar
Um “fardo” a pesar
E é difícil animá-la
Voltar a fazê-la acreditar
Que o sol desta vez vai brilhar
(Desejo tanto que seja verdade)

PS: A “história da minha vida” continua outro dia, porque esta também faz parte da minha vida, porque dias melhores virão (só espero que não seja mais uma ilusão...)

40 comments:

carla said...

oh miga , olha há dias bons , outros menos bons...temos de ter calma , a vida é mesmo assim...
Os bons sempre compensam os maus...
jokinhas e boa semana....

Tânia said...

É complicado... Nem sempre conseguimos encontrar as palavras certas para dizer... Quiçá não existem... Força!
Bjs grnades

Ana A. said...

Pois...é o mundo que andamos a construir...é a lei da selva! Uma tristeza. Compreendo-te muito bem, mesmo!

Bjs e força

Mel said...

Ó miga... É pena ela não poder viajar...
Olha, eu sei que as pessoas têm uma má opinião sobre isso mas ão será melhor procurarem um bom e acolhedor lar? Ao menos tinha companhia...
Olha, eu conheço um muito bom e simpático. Fica no campo e é uma vivenda nova construida para isso de raiz. Tem um grande jardim à volta e o pessoal é todo muito bom.
Está legal e tem optimas condições.
Fica é na zona de torres vedras.
Beijinhos GRANDES

Amores Perfeitos said...

um beijo.

sei com é isso tenho a minha avó nessa situaçao!!

NaRiZiNHo said...

Hoje estás nostálgica, como diz o meu sobrinho Estás tiste
Espero que amanha o dia te volte a sorrir .-*

carla said...

Minha linda, ela não estaria melhor num bom lar??? Tinha companhia para conversar e talvez passa-se melhor os dias!!!

Ludy said...

Um beijinho cheio de ânimo para ti!
Melhores dias virão, certamente!

Sandra said...

E isto acerta-me direitinho no coração...Faz-me lembrar tanto a minha avó!

Espero que sim, que seja desta!

Bjs,

Sandra

Dani said...

Cara amiga, com certeza dias melhores virão!!
Como diz alguém que eu conheço: "Tudo acaba bem. Se não está bem, é porque ainda não acabou!"

Beijinhos e muita força!

rute28 said...

Amoga hoje não estás nos teus dias, mas vão melhorar de certeza!!
Tambem tenho uma avô que ainda é nova mas penso muito no futuro dela, não sei como será...
Quanto ás palmadas infelizmente os miudos pagam sempre quando temos maus dias ,é preciso não se repetir muitas vezes(tenho medo das cobranças no futuro).
Quanto ao 11 de set já sabes o que penso.
Miga e tens amigos sim senhora aqui tens uma!!!
bjs

rute28 said...

Amiga quis dizer amiga (tambem já não bebo mais nada!!)

Sorrisos da minha Alma said...

Por muito que nos custe tudo tem uma razao de ser, e por vezes a vida poe-nos amarguras dificeis de digerir, com tudo é com elas que aprendemos a passar a fronteira...
Beijos grandes

Rute said...

Infelizmente a vida prega-nos partidas, deixa-nos tristes, sem forças... mas nós temos de lhe saber dar a volta, temos de ir buscar forças para nos levantarmos mesmo quando achamos que as perdemos.

Vais ver que melhores dias virão!

Beijos cheios de força,
Rute e André

Margarida said...

Um beijinho grande para vocês.
Tudo vai melhorar.

bjs

Patrícia Lopes said...

Oh amiga...perdi alguns posts,mas acabei de os colocar em dia agorinha mesmo,és mesmo um GRANDE mulher,a história do aeroporto arrepiou-me toda,bolas que coragem!!Tb adoro música e sinto que seja ela qual for,tb a mim me dá referências do que vivo ou vivi!!
Quanto ao teres dado umas palmadas,há dias assim e o k importa é que salvaguardaste o quanto o amavas e jamais os teus filhos terão dúvidas disso!Quanto ao post de hoje,fofinha,não gosto nada de te «ouvir falar»assim..mas a vida tem mesmo destas coisas,dias bons e outros menos bons...fica calma e pensa sempre k há pessoas numa situação bem pior que a tua..vais ver k isso te dará forças e questionar-te-ás,mas que raio de problema estou eu a viver?Nenhum...«O que não nos mata torna-nos mais fortes»...Beijinho grande

sandra said...

Sandra:

A Solidão nas pessoas de idade avançada é uma constante... muitas vezes, mesmo que queiramos quebrar esse isolamento, eles não aceitam...

É complicado ser velhinho...

Bjinhos
Sandra Brema

teresa said...

Oh amiga...
Que chatice isto da tua avó! Não merecemos chegar a uma certa idade e não ter nada caramba! Desculpa mas estas coisas revoltam-me! Um beijo grande para voçês!
Teresa

Manela said...

Penso que estás a falar da tua avó.
Vais ver que tudo se vai resolver, tem força.
Eu tenho umas saudades da minha que nem imaginas, faleceu à 3 anos e todos os dias penso nela.
Bjs grandes

veliam said...

Que sol volte a brilhar e muito depressa é o meu desejo.

Muita força, que melhores dias viram

Muitos beijinhos

Raquel said...

Desejo que tudo se resolva da melhor forma. A unica coisa que neste momento posso fazer por ti é torcer para que tudo corra bem. beijinhos

Mel said...

Minha querida,
Gostava de saber expressar as palavras que mais aliviassem o teu coração e fizessem esfumar-se dos teus pensamentos as tuas preocupações.
Não sei outro modo de te ajudar a não ser dizer-te que tenhas muita força, que penses positivo e as coisas vão acabar por melhorar. Quando pensamos positivo atraímos coisas positivas e acho que a solução acabar por nos ser mostrada quando menos esperamos.
Beijinhos cheios de carinho e coragem!

Miduxe said...

Realmente temos fases em que TUDO parece não funcionar! Gostamos muito de ti e espero que as palavras que te enviamos te aqueçam um pouco a alma.
Compreendo-te tão, mas tão bem que só apetece pegar no avião e irmos beber um café para espairecer...
beijos grandes

docinho said...

Tudo vai passar... amanhã o sol brilha com mais força amiga!

Beijinhos coloridos

Sandra said...

Olá Sandra,

Estive a ler os posts que ainda não tinha lido, os últimos e só te posso dizer que admiro-te por seres uma pessoa forte, a tua história da vida real, a ida para Macau só me diz que és muito parecida comigo, vamos em busca dos nossos sonhos.

Quanto á falta de paciência, estamos no mesmo barco, hoje fartei-me de chorar por culpa, porque gritei com a beatriz porque acorda ás 6h da manhã, super eléctrica e eu ando cnasada e se não he faço logo as vontades, grita, berra, chora.

Hoje também perdi a paciência e depois de se atirar para as grades da cama, dei-lhe uma sacudidela na mão, mas depois senti-me tão mal, por não ter tido + paciência com ela!

beijinhos e amanhã as coisas já vão estar melhores, força

Luz de Estrelas said...

Morzinho, não fiques triste. Sei bem que te sentes longe... E entendo-te tão bem. Tb ainda me resta uma avó, que está longe e, apesar de ter companhia, sei bem que se sente sozinha, sem a visita dos netos (os outros não a visitam por estúpidas zangas familiares). Tem calma, sim?

Mamuska said...

Um beijinho grande neste dia menos bom! Força!
Beijoss

Sonhamos Contigo said...

Ai miga, sente este abraço bem apertadinho k te envio neste dia um pouco cinzento...

Jinho grande

Anonymous said...

Oi Amiga....

Dias melhores virào, e se Deus quiser a tua avozinha vai ficar boa. Tens que ser positiva.
Recebe um beijoca gorda

estamos juntas

PS. A tua história de amor é linda
Perdidosemafrica.blogs.sapo.pt

mãe tataruga said...

Por vezes os miudos fazem-nos perder a paciencia. Tambem ja tenho batido no meu e fico bem pior do que ele...
As melhoras do teu estado de espirito e um beijinho muito grande para a tua avó.

calamity jane said...

Depois de tantos comentários, sinto-me algo repetitiva, mas tb quero enviar o meu beijinho. És daquelas blogamigas (a expressão não é minha, é da Carla da Repolha, mas gostei dela e adoptei-a) que aparece sempre pra dar um miminho. Acredita que me lembro muitas vezes de ti e sim, ainda não te linkei e estou sempre a pensar que o faço já a seguir...
Passo imensas vezes por aqui sem deixar rasto, porque acho sempre que, com tantas visitas e comentários, não faz diferença mais um menos um. Mas gosto de ti e acho que to devo dizer. Pronto. Já disse.

_+*A Elite in Paris*+_ said...

O sol vai voltar a brilhar para ti, para nos :) com certeza e com fé :)

DIANA - MÃE DA MARIA said...

è difícil envelhecer.
bjinhos

Amélia said...

Que podes tu fazer?
Não é fácil, e tu tão sensível.
Melhores dias virão. Todos nós temos as nossas boas memórias. Contigo são boas. Não fiques triste.
Um beijinho.

Grilinha said...

Ai, minha linda....como me custa comentar...porque ver envelhecer alguém que amamos...é tão doloroso. Sentir que a vida já não é o que era...e nós sofremos porque os amamos....Dá-lhe todo o apoio que conseguires...escreve uma carta, um telefonema diário...faz que ela sinta que einda pensas nela todos os dias...todas as horas....Quanto aos miúdos...tens de ter calma, mas essas coisas acabam por acontecer com a melhor da melhor das mães...ou então é sobre-humana. Pedir desculpa, admitir aculpa....está correcto. és mãe e eles são crianças saudáveis e naturalmente traquinas...nem sempre tem graça...porque estamos com pouca paciência...é tudo normal...Um beijo amigo

Cláu said...

A vida nem sempre é justa.
Jokas

Mãe Frenética said...

Pelo menos ela ainda tem que lhe escreva palavras doridas a pensar nela...

tanta solidao por esse mundo fora...

Um beijo grande!

vera said...

olá

penso que estejas a falar da tua avó. que pena ela não ir para o pé de ti :( penso que sei o que estás a sentir.

esta é para te animar: esta semana aqui na minha terra é a feira e sabes o que tenho comido por cá?? como diz a marianita são "tuturas" ora adivinha lá o que é! são fritas e enroladinhas em açucar hummmm

jocas
vera

A said...

Um Xi graaande!

rutebruno said...

que bela historia a tua, esta e a outra, estou a devorar tudo!
mas esta , hoje, como faz sentido, como faz...
um beijo